'Ele perdeu a vida para tentar proteger a família', desabafa Flordelis

Em entrevista, pastora e deputada comenta sobre momento do crime

Enviado Direto da Redação
Abalada, Flordelis concedeu entrevista amparada pelos filhos

Abalada, Flordelis concedeu entrevista amparada pelos filhos

Foto: Reprodução/Facebook


Em entrevista coletiva no início da tarde deste domingo (16), a pastora e deputada federal Flordelis desabafou sobre o crime que tirou a vida do marido, o também pastor Anderson do Carmo, durante a última madrugada.


Muito abalada e sob efeito de remédios, ela falou à imprensa, enquanto era amparada pelos filhos, próximo ao condomínio onde o crime aconteceu, no Badu, em Pendotiba, Niterói. 


"Estou muito frustrada, com isso que acabou na morte do meu marido. Essa violência que está imperando no nosso estado tem que acabar, do jeito que está não pode continuar. Quantos mais inocentes vão ter que morrer? São 55 filhos agora sem pai. Só fui dar um passeio com meu marido, e acabou dessa forma. Perdeu a vida para tentar proteger a casa, a família. Para evitar que entrassem na casa, sacrificou a vida dele para proteger a família", contou, emocionada.


Questionada se Anderson estaria armado ao voltar à garagem, onde aconteceu o crime, ela respondeu: "Não tinha nenhuma arma, nunca usamos arma em casa. Meus filhos que o socorreram, ele ainda estava vivo, mas não pude vê-lo", completou.


O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNISG). Até o momento nenhuma linha de investigação foi descartada pela polícia. A principal delas é execução. 


Agentes da Divisão de Homicídios investigam se um dos cachorros da família teria sido dopado para não alertar os vizinhos durante a ação dos criminosos. Outra informação que será investigada é se uma desavença entre parentes por conta de dinheiro teria motivado o crime. 


O crime - Anderson e Flordelis voltavam de uma confraternização, quando foram surpreendidos por bandidos já dentro do condomínio onde a família tem residência, na Rua Márcia Fernandes Azevedo. Segundo a polícia, a deputada contou ter tido a sensação de estar sendo seguida por duas motos na altura do Mc Donald’s, em São Francisco.


Quando chegaram em casa, Anderson teria voltado à garagem para buscar algo que havia esquecido, quando se ouviram os tiros. O pastor foi encontrado baleado ao lado do carro e os bandidos já haviam fugido. 


Ele foi levado para o Hospital Niterói D'Or, mas não resistiu. Na casa, foram encontrados mais de 15 projéteis de arma de fogo.


O casal - Pais adotivos de 55 filhos, Flordelis e o pastor Anderson se conheceram em dezembro de 1991. A cantora chamou a atenção do pastor por fazer um trabalho de evangelismo entre traficantes. Por causa disso, ele foi até a igreja que ela frequentava no Jacarezinho, comunidade da Zona Norte do Rio de Janeiro. 


Eles se casaram em abril de 1994 e eram dirigentes da igreja evangélica Cidade do Fogo, no Mutondo, em São Gonçalo. 


Veja também