Governo do Rio transfere 2,4 mil presos de quatro penitenciárias

Trinta e nove celulares foram apreendidos na ação

Enviado Direto da Redação

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro está fazendo hoje (24) uma megaoperação para transferir 2.400 presos de quatro penitenciárias.

No início da manhã, a Rua São João foi interditada para a operação, que contou com apoio do 12ºBPM (Niterói). De acordo com a NitTrans, a operação foi concluída antes das 7h e a via foi liberada.

A meta da ação é atender a uma recomendação da Corte Internacional de Direitos Humanos para abrir uma unidade de regime semiaberto voltada para internos que não pertençam a qualquer facção criminosa.

A movimentação envolve detentos do Instituto Penal Edgard Costa, em Niterói, e de três unidades do complexo penitenciário de Gericinó (Bangu), na zona oeste da capital. A nova unidade funcionará em um desses quatro presídios, mas a Seap não informou em qual deles.

Ainda segundo a secretaria, a operação conta com 400 inspetores penitenciários.

Durante a transferência dos presos, já foram apreendidos 39 telefones celulares, equipamentos cujo uso é proibido dentro dos presídios.

Veja também