Tiroteio assusta motorista e funcionários de pedágio da BR-101

Caso aconteceu na noite de terça-feira

Enviado Direto da Redação
Usuários e os funcionários da concessionária ficaram em pânico por causa do tiroteio na Br-101

Usuários e os funcionários da concessionária ficaram em pânico por causa do tiroteio na Br-101

Foto: Filipe Aguiar

Por Renata Sena

Pode até parecer notícia repetida, mas não é. Mas uma vez, usuários da BR-101, ficaram no meio do fogo cruzado, na altura do pedágio, durante um confronto entre policiais e criminosos, que foram flagrados tentando roubar um veículo, no final da noite da última terça-feira.

De acordo com informações repassadas por testemunhas do caso, criminosos tentaram roubar um veículo, quando policiais militares, que passavam no momento, impediram o crime. Houve intenso confronto e funcionários e usuários do pedágio precisaram buscar abrigo.

Em áudios que circularam nas redes sociais, foram narrados os minutos de pavor que as pessoas passaram.

“Cara, é muito tiro, muito tiro. Ta todo mundo se jogando no chão, um desespero. Tiro batendo em cabine. Cara, to desesperado. Muita polícia. Ta uma verdadeira praça de guerra isso aqui”, desabafou uma testemunha do caso.

A Arteris Fluminense, que administra a via, informou que ninguém ficou ferido e nenhuma cabine chegou a ser perfurada pelos disparos. Em nota, acrescentaram que “A Concessionária adotou medidas operacionais para garantir a segurança dos colaboradores que trabalham na praça de pedágio de São Gonçalo”.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal não foram acionados para o local e não há registros de feridos no caso.

Veja também