Polícia faz operação para prender envolvidos na morte de Marielle Franco

Agentes vão em mais de 10 endereços

Enviado Direto da Redação
Agentes vão em mais de 10 endereços

Agentes vão em mais de 10 endereços

Foto: Divulgação

Agentes da Divisão de Homicídios da Capital (DHCP) estão realizando operações em diversos pontos do Rio de Janeiro e também fora do estado, nesta quinta-feira (13), para prender milicianos ligados à morte da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, ocorrida em março deste ano.

Apesar de se tratar de um inquérito a parte do caso do crime contra a vereadora, a Polícia Civil suspeita que os alvos tenham ligação direta com o crime.

Ao todo, os policiais estão visitando 15 endereços: na Zona Oeste do Rio; em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; em Petrópolis, na Região Serrana; e em Angra dos Reis, na Costa Verde e em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Veja também