Funcionário da Globo morto em Maricá foi atingido tentando proteger a família

Vítima correu para fechar portão de casa e evitar entrada de bandidos

Enviado Direto da Redação
O eletricista da TV Globo foi morto no momento em que chegava em casa, na localidade de Jardim Atlântico, área nobre de Maricá

O eletricista da TV Globo foi morto no momento em que chegava em casa, na localidade de Jardim Atlântico, área nobre de Maricá

Foto: Divulgação

O funcionário da TV Globo, Francis Ferreira de Souza, de 32 anos, foi morto a tiros, na noite da última segunda-feira, no momento em que chegava em sua casa, na localidade Jardim Atlântico Oeste, no bairro Itaipuaçu, no município de Maricá. Um amigo que o acompanhava e também trabalha na TV, foi baleado numa das pernas, mas conseguiu escapar dos criminosos.

Segundo informações, de testemunhas, os dois amigos estavam voltando de uma pizzaria da cidade, quando quatro criminosos que estavam num Fox prata, desembarcaram indo na direção deles. Para preservar a família, que estava dentro de casa, Francis, que trabalhava como eletricista da Globo, correu para fechar o portão.

“Foi nesse momento que atiraram nele. Ele morreu para salvar a família. Dentro de casa estavam a esposa e o filho deles, de somente quatro anos”, contou Fábio Murilo Furtado da Silva, 41, que também atua como eletrotécnico na emissora.

De acordo com agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo, Francis foi atingido no peito e morreu ainda no local. Já a outra vítima, mesmo ferida, conseguiu correr e caiu num terreno baldio na vizinhança. Posteriormente, ele foi socorrido para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá. Na manhã de ontem, ele foi transferido para uma unidade de saúde no Rio de Janeiro, onde mora com a família.

“Eles eram amigos do trabalho. A outra vítima estava na casa do Francis. Eles foram numa pizzaria e voltavam pra casa. O Francis era uma pessoa de bem, sempre alegre e pronto para ajudar. Ele já estava programando o aniversário dele, para o próximo dia 29. Ia completar 33 anos e estava bem feliz. Sempre trabalhamos com cinema e ele falava que iria se aposentar na Rede Globo”, contou o irmão da vítima, acrescentando que atualmente Francis estava trabalhando na gravação de uma série, que estréia no próximo ano.

Francis morava em Maricá há cerca de seis anos. Ele era casado há mais de 13 anos e deixou esposa e um filho. Segundo familiares e amigos, a tragédia já estava anunciada, já que os roubos estão cada vez mais comum no local.

“Infelizmente, a toda hora a gente tem notícias de caso de assaltos por lá. Está a cada dia mais perigoso, mas agora, uma pessoa do bem pagou pela falta de segurança em nossa cidade”, lamentou um amigo da vítima.

Roubo - Após o crime, os bandidos entraram no mesmo carro em que estavam, deixando veículo e pertences das vítimas para trás, e fugiram. Durante a fuga, eles pararam em frente à outra casa do bairro e renderam uma família que se preparava para estacionar o veículo. Os bandidos entraram no imóvel, roubaram celulares e televisores, e fugiram no carro da família, abandonando o primeiro carro usado.

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) foram ao local e buscam informações sobre os autores dos crimes. A polícia trabalha com a hipótese de tentativa de roubo, seguido de morte. Enterro - Francis será sepultado na tarde de hoje, no Cemitério Maruí, em Niterói. A TV Globo emitiu nota lamentando a morte do funcionário e informou que está prestando solidariedade às famílias das vítimas.

Veja também