Réplica de tornozeleira eletrônica é vendida na internet

O dispositivo eletrônico é utilizado para atrair mulheres

Enviado Direto da Redação
 Réplica é oferecida em sites

Réplica é oferecida em sites

Foto: Divulgação

Pode até parecer brincadeira, mas as chamadas tornozeleiras eletrônicas, dispositivo eletrônico utilizado como forma de reduzir a lotação nas penitenciárias do país, vêm sendo considerado um ‘artigo de luxo’ e atrativo para conquistas. Não é difícil encontrar na internet, várias ofertas de réplicas do produto com as seguintes chamadas: “Réplica para você tirar onda nos bailes e conquistar as Marias Droguinhas que você gosta”. Ou ainda “Para você que quer fazer sucesso com as minas essa é a moda”.

O valor da réplica do dispositivo, em média é de R$ 50, mas em sua maioria, o anunciante pede que os interessados enviem uma mensagem privada para obter mais detalhes sobre a futura compra. Um dos anúncios é feito por um fornecedor de Macaé, na Região dos Lagos do Rio.

Tornozeleiras - Em 2015, o Ministério da Justiça e o Conselho Nacional de Justiça adquiriram o dispositivo, que possibilitaria que presos pudessem cumprir prisão domiciliar.

Pesando pouco mais de 100 gramas, a tornozeleira pode ser facilmente coberta por roupas, o que possibilita que o acusado ou condenado pela Justiça possa circular no perímetro estabelecido do uso da tornozeleira eletrônica de forma discreta.

O equipamento original possui GPS que determina a localização por satélite e um modem para transmissão de dados por sinal de celular. Os dados chegam em tempo real a uma central e qualquer violação gera um alarme.

Veja também