Pai de Santo morto em São Gonçalo foi estrangulado com fio elétrico

Polícia já tem um suspeito de cometer o crime

Enviado Direto da Redação

Por Daniela Scaffo

O pai de santo Arildo Poluceno da Conceição, mais conhecido como Pai Cigano, de 65 anos, foi encontrado morto dentro do sofá da própria casa, na noite de domingo (4), no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo. Segundo familiares, a vítima estava desaparecida desde a noite de sexta-feira, quando teve um último contato com a filha.

O corpo de Arildo foi encontrado pelo genro e pelo primo. De acordo com a família, o pai de santo só foi localizado em função de uma mancha de sangue, que se formou abaixo do sofá. Ao abrir o móvel, os familiares foram surpreendidos com a presença do corpo.

“A gente já tinha ido lá na casa dele, procuramos tudo, mas não encontramos nada. Ontem fizemos o registro de ocorrência do desaparecimento dele e voltamos para a casa para deixarmos a luz acesa. Estava um mau cheiro dentro da casa, olhamos o tapete e vimos que estava bagunçado. Depois acabamos encontrando a mancha de sangue e achamos o corpo”, disse o primo, Alcienir Feijão Mendonça.

Ainda de acordo com a família do idoso, o suspeito levou apenas um celular e uma pequena quantia em dinheiro que estava na carteira da vítima. A casa foi revirada, mas o carro e uma bicicleta não foram levados.

“Ele (Arildo) era uma excelente pessoa. Não fazia nada de mau a ninguém. Era aposentado e tinha um centro espírita. Morava ali no Jardim Catarina há muito tempo e era querido por todos do local. Não acreditamos ser crime por intolerância, porque não quebraram nada dentro da casa”, informou o genro, Silvio de Souza.

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) estão investigando o caso. No corpo não foram encontrados marcas de tiros. A perícia legista constatou estrangulamento com fio de tomada.

“A nossa principal linha de investigação é de crime passional. Já identificamos um possível suspeito do crime”, informou o delegado adjunto da especializada, Alan Duarte. O enterro será hoje, 12h30, no Cemitério São Miguel.

Veja também