Dólar R$ 4,9454 | Euro R$ 5,3643
Search

PM reduz violência em São Gonçalo com projeto ‘Meta Verde’

Desde implantação do projeto em agosto, 7º BPM reduziu índices de roubos em geral na cidade

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 21 de outubro de 2018 - 16:23
Viaturas são distribuídas em pontos estratégicos
Viaturas são distribuídas em pontos estratégicos -

Os índices de roubos de rua, de carga e de veículos diminuíram em São Gonçalo, segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP). O comandante do 7ºBPM (São Gonçalo), tenente coronel André Henrique de Oliveira Silva, explicou que a queda está diretamente ligada ao projeto de análise criminal chamado “Meta Verde”, desenvolvido pela unidade em agosto, como divulgou O SÃO GONÇALO na edição de sábado.

Através da mancha criminal desenvolvida pela “Meta Verde” é possível traçar um mapa dos bairros que mais sofriam com os roubos e o quanto esses tipos de delitos já começaram a diminuir com apenas um mês de projeto.

“Já tínhamos o policiamento ostensivo com os DPOs, Companhias Destacadas, GATs e setores de Rádio Patrulha. Mas com o ‘Meta Verde ‘conseguimos distribuir 20 policiais para as áreas onde a mancha criminal aponta a maior incidência de roubos. Com essa estratégia, os agentes conseguem coibir diretamente essa modalidade criminosa. O trabalho está sendo feito com inteligência e já começou a mostrar resultados”, declarou o comandante.

Roubos de veículos caíram mais de 20% 

Entre os três crimes, o que registrou mais redução em setembro em relação a agosto em São Gonçalo foi o roubo de veículos. Em agosto, foram 554 crimes anotados nas distritais do município e, em setembro, o número reduziu para 431, ou seja, uma queda de mais de 20%. 

Os bairros que mais registraram roubo de veículos em agosto foram Boa Vista, Gradim, Colubandê, Raul Veiga e Alcântara. 

Nos outros dois outros crimes que também assinalaram índices de queda (roubos de rua e de cargas), as reduções ficaram em torno de 10% em ambos. 

Em agosto, as delegacias de São Gonçalo registraram 1.167 casos de roubos de rua. Os bairros que mais tiveram incidência neste mês foram, nessa ordem: Alcântara (65 ocorrências), Boa Vista e Centro (53 cada), Tribobó (45) e Neves (42). 

Já no mês seguinte, houve uma queda de exatos 100 registros de roubos de rua. Alcântara seguiu sendo o bairro líder da estatística, seguido pelo Centro, Barro Vermelho e Colubandê. 

Já em relação ao roubo de cargas, houve 114 registros em agosto na cidade contra 95, em setembro. 

Matérias Relacionadas