Operação do Exército no Salgueiro é finalizada com três mortos e seis presos

Ação foi iniciada na segunda e durou 36 horas

Enviado Direto da Redação
Ação foi iniciada na segunda e durou 36h

Ação foi iniciada na segunda e durou 36h

Foto: Alex Ramos

Depois de mais de 36 horas de operação ininterruptas no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, o Comando Militar do Leste (CML), divulgou, ontem, um balanço das ações que estão sendo realizadas.

De acordo com o balanço divulgado pelo CML, ao longo da operação, que contou com homens das Forças Armadas, policiais do Batalhão de Ação com Cães e da Polícia Federal, foram presos seis homens, acusados de pertencerem ao tráfico do local, além de três acusados, que morreram em confronto. Também foram apreendidos dois fuzis, carregadores de fuzil e pistola, munições de fuzil e pistola, luneta, material para embalar drogas e dois quilos de cocaína.

Ao longo da operação foram realizadas 1914 revistas pessoais e de veículos, e três veículos irregulares foram apreendidos.

O principal alvo da ação, o traficante Thomaz Jhayson Vieira Gomes, o 2N ou Neném, apontado como chefe do tráfico da região, permanece foragido.

A Polícia Civil divulgou ontem as identificações dos três homens homens mortos nas ações, acusados de tráfico de drogas. São eles: Geovane Gernardino Graça, o Chico Bala, Diego de Souza Martins e Douglas Botelho de Mesquita.

Os três morreram em confronto com os homens do Exército, na manhã da última segunda-feira, após a realização de uma grande festa para comemorar o aniversário de Chico Bala, que começou na noite de domingo.

Veja também