Polícia procura 19 acusados de mais de 200 assaltos em Niterói

Acusados foram reconhecidos em diversos inquéritos

Escrito por Redação 21/09/2018 14:57, atualizado em 21/09/2018 06:58
Delegacia lista maiores roubadores da região
Delegacia lista maiores roubadores da região . Foto: Divulgação

Por Renata Sena

Se os acusados de roubos que atuam em Icaraí pensavam que estavam passando ‘batidos’ pela segurança pública, estão enganados. Segundo a polícia, o jogo está apenas começando, e os agentes da 77ª DP (Icaraí), atuantes no Núcleo de Roubos e Furtos da distrital, iniciaram a ‘partida’ contra o crime com ‘vantagem’, e já estão com todas as ‘cartas sobre a mesa’.

Dezenove acusados de roubos, que juntos já foram reconhecidos em mais de 200 procedimentos e possuem dezenas de mandados de prisão, estão sendo procurados e tiveram suas identidades reveladas, com exclusividade, para O SÃO GONÇALO.

As quatro primeiras cartas do ‘baralho do crime’, que atuam na Zona Sul de Niterói, são apontadas como integrantes do ‘Bonde do Fuzil’, grupo que ficou conhecido pelos constantes assaltos em bares de Icaraí. Contudo, com o ‘sucesso’ das primeiras ‘jogadas criminosas’, o grupo passou a ignorar o perigo e virou um dos principais alvos de investigações da Polícia Civil. Somente a equipe da 77ª DP identificou todos os integrantes do ‘bonde’. Quatro deles já foram presos, e isso faz com que os roubos a bares na região tivessem uma queda de mais de 95%. Os outros quatro que ainda estão foragidos são apontados como os ‘áses’, ou as cartas ‘mais fortes’, do ‘baralho do crime’. Eles permanecem livres, mas com ações reprimidas.

Mas a ‘carta na manga’ dos acusados eram os adolescentes. Três deles eram usados como ‘coringas’ nas ações, e atuaram como motoristas e coordenadores dos roubos. Contudo o segredo também foi descoberto e a próxima ‘jogada’ do crime foi frustrada pelos agentes, antes mesmo de acontecer.

Segundo as investigações, os foragidos do ‘Bonde do Fuzil’ já foram reconhecidos em mais de 30 procedimentos, somente na área da distrital.

Mas não são somente os integrantes do ‘Bonde do Fuzil’ que estão na mira na polícia. Regina Lucia Martins, apontada como integrante de outro grupo criminoso que atua em Icaraí, é identificada como a ‘Dama do Baralho’.

Além dos grupos conhecidos, as cartas ainda ‘trazem’ a identificação de acusados de integrarem outras equipes criminosas. “Muitas vezes eles não agem em grupo. São duplas, trios. Estamos identificando também essa forma de atuação”, contou um policial.

Para os agentes da 77ª DP, para que a polícia encerre o ‘jogo’ ‘ganhando’ dos criminosos, a participação da população é fundamental. “A gente investiga e realiza as ações para localizar os criminosos. Mas com a ajuda da população a polícia consegue trabalhar de forma mais rápida e precisa, já que muitas vezes os acusados nem deixam suas comunidades de origem, na garantia que conseguirá se manter escondido no local”, explicou o responsável pelo Setor de Roubos e Furtos da especializada.

A polícia destaca ainda que para fazer uma cidade mais segura, é preciso a participação de todos. Para denunciar o paradeiro dos acusados você pode enviar mensagem para o WPP da distrital através do número 96722-8152. O anonimato é garantido.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas