Acusada de mandar matar rival é presa em Amendoeira

Crime aconteceu em janeiro de 2015

Escrito por Redação 17/08/2018 11:01, atualizado em 17/08/2018 07:42
Policiais da Divisão de Homicídios prenderam Nayara em SG
Policiais da Divisão de Homicídios prenderam Nayara em SG . Foto: Alex Ramos

Por Thuany Dossares

Apontada pela polícia como a mandante do assassinato de Giselle Moraes Pereira, em janeiro de 2015, no Coelho, em São Gonçalo, Nayara Regina Guimarães Pinto, mais conhecida como Andrea, foi presa na manhã de ontem, na Amendoeira, por policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG). Contra ela, foi cumprido um mandado de prisão temporária por homicídio.

De acordo com a DH, as duas mulheres já tinham uma rixa desde a época da escola e o crime aconteceu após uma briga de bar. Nayara e Giselle estavam no estabelecimento, na Rua Jorge Barbosa Ferreira, quando discutiram e se agrediram, por volta das 3h.

A acusada teria levado a pior durante a briga, tendo inclusive seu mega hair arrancado, e inconformada, foi até o seu namorado, que era integrante do tráfico local, ligado à facção Amigo dos Amigos (ADA), para falar que Giselle era companheira de um traficante da facção rival Comando Vermelho (CV).

Cerca de uma hora depois da discussão, a vítima foi morta a tiros na Rua José Ernesto dos Santos, a 300 metros do bar onde toda a confusão aconteceu. Nayara e Giselle já tinham um longo histórico de desentendimentos. Elas seriam inimigas desde a época do ensino médio e ao longo dos anos, teriam brigado, pelo menos, outras duas vezes, sendo necessário até mesmo a intervenção da Polícia Militar para apartar.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas