Presença do exército devolve clima de paz para o Salgueiro e Jardim Catarina

Muitos militares permanecem no município

Escrito por Redação 18/07/2018 07:10, atualizado em 18/07/2018 07:02
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros . Foto: Alex Ramos

Por Renata Sena

As ações conjuntas envolvendo equipes das Forças Armadas e da área de Segurança Público do Estado no Salgueiro e no Jardim Catarina, devolveram o clima de tranquilidade nos dois locais. Apesar do Comando Militar do Leste informar que não se trata de uma ocupação e sim de uma grande operação. Por enquanto, a grande movimentação dos militares permaneceu intensa em diversos pontos de São Gonçalo.

Na manhã de ontem, militares da Força Nacional realizaram patrulhamentos nos principais acessos dos conjuntos de favelas do Salgueiro e do Jardim Catarina, além de terem atuado, com apoio de veículo blindados, no interior dessas comunidades. Embora o termo ‘ocupação’ tenha sido usado inicialmente por toda a imprensa, o Coronel Carlos Cinelli, chefe da comunicação do Comando Militar do Leste (CML), informou, no início da tarde de ontem, que o que está acontecendo na cidade é o desdobramento de uma grande operação, que teve início às 22h de domingo e terminou às 16h da última segunda-feira.

Mas, o fim da operação inicial não significou a retirada dos militares da cidade, que vão permanecer em patrulhamento por tempo indeterminado, 24 horas por dia. O que significa, na prática, que embora o nome não seja ‘ocupação’, os militares permanecem pela cidade. Conforme o coronel Carlos Cinelli a operação está sendo considerada positiva.

“A nossa finalidade é que o Estado possa atuar nessas áreas com alto índice de conflitos. A operação com grande envergadura teve fim, mas o patrulhamento feito por grupos menos espalhados por dezenas de pontos, permanece”, informou.

Cinelli acrescentou que com o final da primeira grande operação, o Comando Militar do Leste não divulgará mais o balanço total de presos e material apreendido, a partir do final da tarde de segunda-feira, todo material apreendido passou a ser apresentado e registrado em delegacias distritais, responsável por cada área de atuação. Acampamento – O grande acampamento dos militares, que chamou a atenção da população e estava montado na comunidade Três Campos, na Trindade, em São Gonçalo, já foi retirado do local.

IPM – Depois que o Comando Militar do Leste foi notificado sobre o pescador, de 23 anos, baleado na madrugada de segunda-feira, no Complexo do Salgueiro, Cinelli informou que um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar o caso.

“Abrimos a investigação e vamos buscar os detalhes que envolveram a ação. Já sabemos que não havia um confronto no momento, mas a movimentação do homem fez com que os militares atirassem, em legítima defesa. Logo após, foi visto que era um morador, que foi socorrido com ferimentos leves”, explicou.

Apesar do IPM, os agentes da 72ªDP (Mutuá) registraram o caso como tentativa de homicídio e também vão investigar o caso.

O pescador estava saindo da Praia da Beira, no interior do Complexo do Salgueiro, quando homens das Forças Armadas fuzilaram o carro do profissional, que estava acompanhado da esposa e do filho, de somente dois anos. O pescador foi atingido por três tiros, na lombar, na costela e no braço, e socorrido para o Hospital Estadual Alberto Torres, onde foi atendido e liberado. O tiro do braço permanece alojado.

Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros. Foto por Alex Ramos
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros. Foto por Alex Ramos
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros. Foto por Alex Ramos
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros. Foto por Alex Ramos
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros
Pelo segundo dia, movimentação de comboios foi intensa nos corredores viários dos bairros. Foto por Alex Ramos
Acampamento dos soldados foi desmontado na Trindade
Acampamento dos soldados foi desmontado na Trindade. Foto por Alex Ramos
Impresso- Segundo dia de ocupação do Exército
Impresso- Segundo dia de ocupação do Exército. Foto por Alex Ramos

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas