Homem é preso acusado de sequestrar parentes de gerentes de bancos

'Negão' sequestrava para roubar grandes quantias dos bancos

Escrito por Redação 24/06/2018 08:05, atualizado em 24/06/2018 08:05


Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), em parceria com agentes da Polícia Federal (PF), prenderam um homem acusado de integrar uma quadrilha que clonava veículos e praticava extorsão mediantes sequestro contra famílias de gerentes de bancos para subtração de dinheiro das instituições financeiras no Estado do Rio.


De acordo com as investigações, uma das ações da quadrilha resultou na subtração de R$ 900 mil, em Angra dos Reis, no sul do Estado. Outra ação praticada pela quadrilha, segundo a polícia, aconteceu em São Gonçalo. O homem, conhecido como Negão, foi encontrado em Honário Gurgel, na Zona Norte do Rio.


Ainda segundo a investigação, o grupo da qual Negão fazia parte e é oriundo do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, utilizava veículos clonados nas ações criminosas, o que configurou o crime de roubo de veículos.


A polícia não deu detalhes sobre investigação de outros integrantes da quadrilha.


Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas