Familiares se despedem de policial encontrado morto em São Gonçalo

Corpo do militar foi carbonizado dentro de um carro

Enviado Direto da Redação
O corpo do policial foi encontrado dentro da caminhonete que pertencia a ele, em Neves

O corpo do policial foi encontrado dentro da caminhonete que pertencia a ele, em Neves

Foto: Divulgação

Dois dias depois de ser localizado morto, dentro de um veículo carbonizado, o sargento da Polícia Militar Anderson Ferreira de Azevedo foi sepultado, ontem, no cemitério Memorial Parque Nycteroy, no Laranjal, em São Gonçalo.

Apesar do corpo do militar ter sido localizado carbonizado, na tarde de sexta-feira, a polícia foi rápida e em apenas um dia conseguiu confirmar a identificação de Anderson, revelada na tarde de sábado.

Segundo os pais do agente, ele teria saído de sua casa, na sexta-feira, para comprar uma quentinha na hora do almoço e não mais retornou. No local do crime, no bairro Neves, os pais do policial conseguiram reconhecer o automóvel como sendo de seu filho.

As investigações sobre o caso estão sendo realizadas pela Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG).

Veja mais notícias:


Briga por cabrito pode ter motivado assassinato em Itaipuaçu

Homem troca tiros com a polícia e é baleado em Maria Paula

Dois PMs são baleados e um acusado de tráfico é morto em São Gonçalo

Veja também