Um policial militar é morto e outro baleado em assalto no Mútua

Os PMs estavam à paisana quando foram confundidos com seguranças de um caminhão de carga

Enviado Direto da Redação
Os policiais foram baleados pelos criminosos, mas conseguiram pedir ajudar a colegas na BR-101

Os policiais foram baleados pelos criminosos, mas conseguiram pedir ajudar a colegas na BR-101

Foto: Alex Ramos

Por Daniela Scaffo e Thuany Dossares

Um policial militar morreu e outro foi baleado, por volta das 10h30 de ontem, no Mutuá, em São Gonçalo. Os policiais, que estavam à paisana, foram baleados ao serem confundidos com seguranças de um caminhão que transportava cargas das Casas Bahia. Eles só conseguiram socorro quando chegaram na rodovia BR-101 e avistaram uma viatura da PM.

De acordo com os motoristas e ajudantes do caminhão, eles seguiam pela Estrada da Covanca, próximo a um dos acessos da BR-101, quando foram abordados por pelo menos oito criminosos armados, divididos em quatro motos. Um dos assaltantes teria visto a Fiat Uno branca - onde estavam os policiais - transitando na frente do caminhão, e anunciado: ‘é escolta, é escolta’, efetuando disparos contra o veículo.

Porém, segundo os entregadores, eles desconheciam a informação de que o caminhão estaria sendo escoltado por algum veículo. Os trabalhadores ficaram cerca de 20 minutos em poder dos assaltantes e depois foram liberados para voltarem a pé.

“Um dos bandidos entrou no nosso caminhão e nos ameaçou, mandando eu seguir as motos. Eles nos levaram para alguma comunidade, que não sei dizer o nome, mas o nosso caminhão parou devido ao alarme. A gente só tinha uma encomenda dentro do veículo. Eu cheguei a falar para eles, mas não acreditaram”, disse o motorista, que preferiu não se identificar. Os celulares dos entregadores, além da carga, foram roubados.

Já os policiais alvejados seguiram em direção a BR-101 e conseguiram pedir socorro a uma viatura da PM que estava parada no acostamento, na altura do quilômetro 309, em Itaúna. Eles foram socorridos ao Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê.

O cabo André Luiz Cordeiro Nascimento, que é lotado na 1ª UPP (Mangueirinha), do 15º BPM (Duque de Caxias), foi atingido nas costas, mas sem gravidade, e foi liberado momentos após ser atendido. Já o também cabo Eduardo da Conceição Rosa, que era do 5º BPM (Saúde), não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNISG). A Casas Bahia, confirmou, por nota oficial, que uma das suas frotas foi assaltada. A rede ainda informou que está contribuindo com as investigações dos órgãos competentes.

Veja mais notícias:

Motorista do Uber morre em acidente na BR-101

Traficantes erguem barricadas nas principais ruas do Jardim Catarina

Polícia Rodoviária recupera carro após perseguição na BR-101

Veja também