Jovem é preso após atropelar grávida durante ‘arrastão’ em São Gonçalo

Caso ocorreu na tarde de ontem, no bairro Jardim República

Escrito por Redação 01/05/2018 08:04, atualizado em 01/05/2018 07:59

Por Thuany Dossares


Um homem identificado como Rafael Santos da Cunha foi preso por policiais do 7ºBPM (São Gonçalo), no início da tarde de ontem, em Jardim Nova República, em São Gonçalo, após fazer um arrastão e atropelar uma adolescente grávida. Para não ser preso, ele chegou a fazer uma mulher como refém.


De acordo com os PMs, eles realizavam patrulhamento de rotina pela Rua Aury Rauen, quando tiveram a atenção voltada para três ocupantes de um Pálio branco, que estavam em alta velocidade, por volta das 13h20. Durante a fuga, os suspeitos atropelaram uma adolescente de 16 anos, que estava grávida, e ela sofreu uma fratura exposta numa das pernas.


Após o acidente, os criminosos abandonaram o veículo e saíram correndo, e houve troca de tiros. Rafael invadiu a casa de uma senhora e tentou fazê-la de refém para não ser preso. No entanto, os militares conseguiram libertar a mulher e capturá-lo.


Em seguida, os agentes descobriram que Rafael e mais dois comparsas estavam cometendo assaltos em série pelo bairro Jardim Nova República. No interior do Pálio, os policiais encontraram diversos celulares.


De acordo com uma gerente de loja, que preferiu não se identificar, ela estava no ponto de ônibus com um amigo, quando foi vítima do trio. “Eles estavam armados quando nos abordaram. Só pediram nossos celulares, mas foram bem agressivos, nos faziam ameaças”, contou a mulher.


Rafael foi encaminhado para a Central de Flagrantes da 74ªDP (Alcântara), onde o caso foi registrado. Na delegacia, ele foi reconhecido por sete vítimas.


Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas