Quadrilha sequestra mãe e filho em São Gonçalo

Uma hora depois, vítimas foram deixadas no Fonseca, em Niterói

Enviado Direto da Redação
Bandidos sequestraram vítimas e chegaram a levar uma delas à agência bancária para tentar saque

Bandidos sequestraram vítimas e chegaram a levar uma delas à agência bancária para tentar saque

Foto: Sandro Nascimento

Por Thuany Dossares

Mãe e filho passaram por momentos de pânico durante a tarde de ontem. Eles foram mantidos reféns por criminosos que realizaram um sequestro relâmpago, no Engenho Pequeno, em São Gonçalo. Após uma hora sob o poder dos bandidos, eles foram deixados na localidade do Bairro Chique, no Fonseca, Zona Norte de Niterói.

As vítimas contaram que estavam no carro da família, um Honda Civic prata, quando foram abordadas, por volta das 12h30, por três homens armados, dois com pistolas e um com revólver, que ocupavam um Renault Logan branco. Dois dos criminosos entraram no veículo e fizeram mãe e filho de reféns.

Um dos bandidos assumiu o controle da direção. A aposentada, de 66 anos, ficou no banco do carona, enquanto seu filho ficou com mais um dos homens no banco de trás. Os assaltantes queriam dinheiro e chegaram a entrar numa agência bancária, na Ilha da Conceição, em Niterói, mas não tiveram seu objetivo alcançado.

“Eles queriam que eu sacasse R$ 5 mil. Um deles chegou a entrar no banco comigo, mas eu não consegui fazer o saque. Quando voltamos para o carro, ele tentou dar um tiro na minha perna, mas graças a Deus a arma falhou. O tempo todo eles nos ameaçavam e não deixavam a gente falar nada, mandavam a gente calar a boca. Nos chamavam mãe e irmão”, narrou o filho, de 31 anos.

Toda a ação durou cerca de uma hora e os bandidos deixaram mãe e filho, no Bairro Chique e seguiram com o carro das vítimas. Veículo foi encontrado na Venda da Cruz.

Veja também