Polícia identifica motorista que atropelou e matou pedestre no Mutuá

Sepultamento da vítima aconteceu na manhã de ontem

Escrito por Redação 10/03/2018 08:07, atualizado em 10/03/2018 08:05
Homem que foi atropelado é sepultado em São Gonçalo
Homem que foi atropelado é sepultado em São Gonçalo . Foto: Filipe Aguiar


Policiais da 72ªDP (Mutuá) já identificaram o motorista acusado de atropelar e matar o auxiliar de serviços gerais Ricardo de Oliveira, de 46 anos, na última quinta-feira, no Mutuá. Apesar de identificado, o suspeito ainda não foi encontrado nos endereços procurados. O sepultamento da vítima aconteceu na manhã de ontem. De acordo com testemunhas, Ronaldo caminhava em direção à padaria por volta das 6h, quando acabou sendo atropelado por um carro que seguia em alta velocidade pela Avenida Paula Lemos, no Mutuá. O motorista teria perdido o controle e atingido Ricardo na contramão.


Enterro - O corpo da vítima foi sepultado ontem no Cemitério São Miguel, em São Gonçalo. Aproximadamente 40 pessoas, em sua maioria professores e alunos do Colégio Santa Mônica, acompanharam o cortejo. Dois familiares de Ricardo ficaram bastante emocionados durante a cerimônia e chegaram a ser amparados. Na redes sociais, o diretor do colégio homenageou Ricardo e contou como ele virou funcionário da escola particular, onde trabalhou por mais de 10 anos.


“Ricardinho cuidava não só do nosso jardim, cuidava da nossa alma. Em 2002, foi pedir para cortar o mato do campo de futebol da unidade, em troca de um prato de comida. Seu Antônio, já falecido, falou para mim: esse menino merece uma chance professor, vamos ajudá-lo. Chamei aquele rapaz e disse-lhe, vou te dar muito mais do que um prato de comida, vou te arrumar um trabalho para que você tenha sua comida, todos os dias. O Felipe, sempre bondoso, autorizou a contratação e o “Sorriso” nos deu o prazer de viver ao nosso lado por 16 anos”, publicou o diretor da escola. (Thiago Soares/Kharine Backer)


Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas