Estrada do Comperj, entre Itaboraí e São Gonçalo, vira ponto de desova de corpos

Pelo menos cinco casos foram registrados no local em 2017

Escrito por Redação 02/03/2018 08:49, atualizado em 02/03/2018 08:47
Ontem, outro corpo foi encontrado ao longo da Estrada do Comperj
Ontem, outro corpo foi encontrado ao longo da Estrada do Comperj . Foto: Leonardo Ferraz

A Estrada da Petrobras, no Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), entre São Gonçalo e Itaboraí, está se transformando em local de desova de corpos na estrada da Petrobras. Na manhã de ontem, um homem ainda não identificado, foi encontrado morto numa área da estrada, já dentro do Complexo, em Itambi, Itaboraí.

O corpo foi achado às margens da Estrada da Comperj por uma pessoa que caminhava pelo lugar. Policiais do 35ºBPM (Itaboraí) foram até o local e preservaram a área até a chegada de agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG).

De acordo com a perícia técnica da DH, a vítima foi executada a tiros durante a madrugada e teve seu corpo parcialmente queimado. Os policiais ainda recolheram dois estojos de pistola calibre 380, na rodovia.

Outros trechos da Estrada da Comperj são frequentemente utilizados por criminosos para cometerem assassinatos e para abandonarem corpos. As obras do Complexo Petroquímico estão paralisadas desde janeiro de 2015 e a promessa era de que fossem retomadas no início deste ano. Procurada, a assessoria de imprensa da Petrobras não atendeu aos questionamentos de OSG até o fechamento desta edição.

O corpo da vítima foi encaminhado pelos Bombeiros para o Instituto Médico Legal (IML), em São Gonçalo.

Outro morto - Outro corpo foi encontrado no bairro Aldeia da Prata, também durante a manhã, na Rua Ennes Lopes Garcia. Ao lado da vítima estava uma identidade com o nome de Tiago Feitosa Barros, de 29 anos. Agentes da DHNISG foram até o local para realizar perícia técnica e irão investigar o crime.

Boa Vista - Policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) investigam a morte de um homem, cujo corpo foi encontrado na Rua Magalhães Bastos, no Boa Vista, próximo ao local de provas de habilitação de direção do Detran, e ao lado de um Palio amarelo, que estava carbonizado. O veículo, placa KWR-5075, teria sido roubado na madrugada do último dia 28, no bairro Antonina.

De acordo com a perícia técnica, a vítima era negra e aparentava ter cerca de 30 anos. Ele foi executado com quatro tiros na cabeça e um na nuca, no ínicio da madrugada de ontem. O corpo foi encaminhados por Bombeiros para o Instituto Médico Legal (IML), em Tribobó.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas