Sessenta e três policiais já foram baleados no Rio, em 2018

Último caso aconteceu no Jardim Catarina

Escrito por Redação 15/02/2018 08:54, atualizado em 15/02/2018 08:52
Policial, lotado no 7º BPM (São Gonçalo), foi atingido por cinco tiros nas proximidades da RJ-104
Policial, lotado no 7º BPM (São Gonçalo), foi atingido por cinco tiros nas proximidades da RJ-104 . Foto: Alex Ramos

Lotado no 7º BPM (São Gonçalo), um cabo da Polícia Militar foi baleado, na noite do último dia de Carnaval, durante uma tentativa de assalto, na RJ-104, altura do Jardim Catarina, em São Gonçalo.

De acordo com a polícia, militares em patrulhamento passavam pelo local, por volta das 20h, quando viram um homem armado no posto de combustíveis. Ao se aproximarem, os policiais foram informados que o homem armado era um policial militar, que havia sido baleado durante uma tentativa de assalto.

A vítima, que atua no Grupamento de Ações Táticas (GAT) do batalhão de São Gonçalo, foi socorrida pelos colegas de farda e encaminhada para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, onde passou por uma cirurgia de emergência assim que chegou à unidade. Na manhã de ontem, familiares do policial estiveram no hospital e comentaram o fato.


“Ele foi atingido por cinco tiros que atingiram a orelha, perna, tórax e abdômen. Foi operado e agora está lúcido”, contou o pai do PM, acrescentando que o policial vinha da casa da sogra quando foi atingido.

“Não sabemos se foram assaltar ele ou o posto. Mas renderam ele e ele teve que reagir”, concluiu o familiar.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de saúde do Estado, o policial permanecia internado em estado de saúde estável até a tarde de ontem. O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara) como tentativa de homicídio. A arma do policial foi acautelada com doze munições e uma motocicleta foi apreendida no local.

Números – A violência experimentada pelo cabo do 7º BPM não é fato isolado. Outros 62 agentes de segurança do Estado do Rio de Janeiro foram atingidos por disparos neste ano. Deste total, 18 não resistiram aos ferimentos. Dos 18 mortos, 16 são policiais militares e dois civis.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas