Disque Denúncia pede informações sobre envolvidos na morte de PM em São Gonçalo

Policial foi assassinado na Chumbada

Escrito por Redação 17/01/2018 11:59, atualizado em 17/01/2018 11:13
Informações sobre localização dos envolvidos podem ser repassadas para o WhatsApp (21) 98849-6099
Informações sobre localização dos envolvidos podem ser repassadas para o WhatsApp (21) 98849-6099 . Foto: Divulgação

 

O Portal dos Procurados divulgou nesta quarta-feira, dia 17, um cartaz para ajudar a obter informações que levem à identificação dos envolvidos na morte do soldado da Polícia Militar do Rio Marcos Vinicius da Silva Alves Azeredo.


Lotado no Grupamento de Polícia Ferroviária (GPFER), o soldado Azeredo morreu na tarde de terça-feira (16) após ser baleado na comunidade da Chumbada, em São Gonçalo. Segundo informações, o PM ia visitar a mãe quando foi abordado por criminosos. Ele reagiu e chegou a trocar tiros com os bandidos.


O policial foi socorrido e levado para o Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dar entrada no Centro de Trauma.


Marcos Vinícius foi transferido nesta semana para o GPEFer. Antes disso, ele era lotado no 7º BPM (São Gonçalo).


Seis policiais mortos em 2018


Com a morte de mais um policial, já chega a sete o número de agentes de segurança assassinados no Estado do Rio de Janeiro em  2018. Sendo seis da Policia Militar e um Delegado da Policia Civil.


De 1° de janeiro até hoje, dia 17, já são 13 policiais baleados. Apenas nesta terça, dois outros PMs foram baleados. Um policial do Batalhão de Choque (BPChq) e outro do 39º BPM (Belford Roxo), que foi ferido por um tiro de raspão. 


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos envolvidos pode informar pelos seguintes canais: WhatsApp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; Facebook /procurados.org; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. 


Todas as informações serão direcionadas para Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, que está encarregada das investigações.


Leia também: 

'Chefe' do tráfico e Policial Militar morrem após troca de tiros na Chumbada


Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas