Mapa das Barricadas, de O SÃO GONÇALO, é atualizado com novas denúncias

Mais de trinta ruas foram adicionadas em cinco dias

Escrito por Redação 08/01/2018 12:12, atualizado em 07/01/2018 08:49
>> O Mapa das Barricadas é atualizado todas as semanas
>> O Mapa das Barricadas é atualizado todas as semanas . Foto: Reprodução


O mapa digital do “Tem Barricada Ai?”, lançado na última quarta-feira por O SÃO GONÇALO, está atualizado com novas denúncias feitas por leitores. Bairros que ainda não tinham sido mencionados nos dois meses de funcionamento do canal foram incluídos após informações enviadas pelo aplicativo WhatsApp. Em apenas cinco dias o Mapa recebeu mais de cinco mil visualizações. Também foram recebidas, só em São Gonçalo, mais de 30 denúncias sobre novos pontos de bloqueio nas ruas da cidade.


Barricadas em ruas dos bairros Maria Paula, Paraíso, Tribobó e Trindade, foram recentemente denunciados para o canal. Na Comunidade do Campo Novo, em Maria Paula, uma caçamba de lixo da prefeitura serve como barricada após traficantes despejarem os resíduos no chão.


Na Trindade, até ruas sem saída sofrem com as barreiras do tráfico. A Rua Cuiabá possui galões enormes e cheios de concretos, que são difíceis de serem retirados. O objetivo do mapa é orientar pedestres e motoristas sobre bloqueios feitos por traficantes nos municípios de São Gonçalo, Niterói e Itaboraí.


Para informar ao canal de comunicação exclusivo de O SÃO GONÇALO, o “Tem Barricada Aí?”, basta enviar mensagens para o WhatsApp (21) 97220-6423. Para visualizar e usar o mapa, é necessário acessar o link www.bit.do/tem-barricada-ai-osg em algum navegador de internet, como o Google Chrome, Mozilla Firefox e Safari para ser direcionado à página.


O QR Code, um código de barras que pode ser escaneado através do celular também está disponível para acessar o mapa. Se existir alguma dúvida no uso do mapa, o Facebook do jornal está disponível. Acesse fb.com/osaogoncalo e veja o vídeo com o tutorial completo.



Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas