Ação combate venda de aves silvestres em SG

Enviado Direto da Redação
 Agentes apreenderam 16 pássaros, alçapões e gaiolas

Agentes apreenderam 16 pássaros, alçapões e gaiolas

Foto: Divulgação

Agentes do Grupamento de Proteção Ambiental (GPAM), da Brigada Florestal e equipes da Polícia Civil e representantes do Conselho Municipal de Proteção Animal (CMPA) realizaram, neste domingo, uma ação para combater o tráfico de animais silvestres nas feiras livres do município. Na operação, 16 pássaros foram apreendidos numa feira ilegal no bairro Alcântara. Dentre as espécies estavam o canário-da-terra, coleiro e trinca ferro. Este último chega a ser comercializado por mais de R$1 mil. Os animais serão encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica, no Rio. A ação faz parte da programação do “Mês do Meio Ambiente”. Além dos animais, 60 caixas de transportes, um alçapão duplo e cinco gaiolas foram apreendidos. A venda de animais silvestres é crime previsto na Lei Federal 9.605/98, no artigo 29, com pena de seis meses a um ano.

Veja também