Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Esposa do "Faraó das Bitcoins" é presa nos Estados Unidos

Venezuelana estava foragida há mais de dois anos e foi encontrada em Chicago

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 26 de janeiro de 2024 - 16:11
Mulher de Glaidson era procurada por crime contra o Sistema Financeiro, lavagem de dinheiro e integração de organização criminosa
Mulher de Glaidson era procurada por crime contra o Sistema Financeiro, lavagem de dinheiro e integração de organização criminosa -

Foi presa nesta quarta-feira (24), em Chicago, nos Estados Unidos, a venezuelana Mirelis Diaz Zerpa, esposa de Glaidson dos Santos, o “Faraó das Bitcoins”. Ela é acusada de participação no esquema financeiro que resultou na prisão de seu marido, em 2021, e estava refugiada ilegalmente no território estadunidense.

A prisão foi executada pela Polícia Federal (PF) do Brasil, com o apoio de autoridades americanas: o U.S Immigrations and Customs Enforcement (ICE) e o Serviço Secreto dos EUA. A equipe de defesa de Mirelis afirmou que a prisão se deu por conta de uma irregularidade no visto. Segundo a PF, porém, ela estava foragida há mais de dois anos, investigada por crime contra o Sistema Financeiro Nacional, lavagem de dinheiro e integração de organização criminosa.


Leia também:

Delegacias no Rio descumprem parâmetros para reconhecimento

➢ Traficante foragido é preso em São Pedro da Aldeia


Mirelis e Glaidson eram responsáveis pela GAS Consultoria Bitcoin, empresa situada em Cabo Frio, na Região dos Lagos, que prometia lucros financeiros e consultoria para interessados em investir em criptomoedas. Segundo as investigações, a empresa funcionava como fachada para um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou 38 bilhões de reais de sua fundação até 2021, quando Glaidson foi preso.

Matérias Relacionadas