Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Morre mulher que se afogou em Itaipuaçu

A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao enfrentar a quinta parada cardiorrespiratória

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 01 de janeiro de 2024 - 15:33
Este é o quinto caso de afogamento nas últimas semanas registrado na emergência e no Centro de Trauma do Hospital Estadual Alberto Torres
Este é o quinto caso de afogamento nas últimas semanas registrado na emergência e no Centro de Trauma do Hospital Estadual Alberto Torres -

Morreu a mulher de 48 anos que se afogou na tarde deste domingo (31), em Itaipuaçu, distrito do município de Maricá. Ela ainda chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada de helicóptero até o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo. Os casos de afogamento e de mergulhos em águas rasas aumentam assustadoramente nos hospitais nesta época do ano.

A paciente teve quatro paradas cardiorrespiratórias - no local do acidente e no Centro de Trauma no Heat - mas todas foram revertidas pelas equipes de socorro e médica do hospital. Porém, a mulher não resistiu a uma quinta parada.

Leia mais

Este é o quinto caso de afogamento nas últimas semanas registrado na emergência e no Centro de Trauma do hospital. No dia de Natal, uma criança de três anos, vinda de Itaboraí, deu entrada na unidade após se afogar em uma piscina. Ela ainda chegou a ser reanimada pela equipe médica, mas não resistiu e evoluiu para óbito.

Com a chegada do verão e das férias escolares, o número de casos de afogamento e traumatismo por mergulho em águas rasas aumenta assustadoramente. Além do Heat, o Hospital Estadual Roberto Chabo, em Araruama, também atende dezenas de pacientes nesta época do ano.

Na semana passada, um homem de 31 anos deu entrada no Heat após bater com a cabeça ao mergulhar em uma praia de Cabo Frio. Ele foi estabilizado, imobilizado, mas devido a graves fraturas na coluna ficou paraplégico. Outros dois casos semelhantes foram registrados no Hospital Roberto Chabo, unidade de referência no atendimento a pacientes de alta complexidade para nove municípios da Região dos Lagos

Matérias Relacionadas