Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2141 | Euro R$ 5,5468
Search

Homem é sequestrado no Pacheco, São Gonçalo; bandidos pedem resgate

Phillipe trabalha como mototaxista na região onde foi capturado

relogio min de leitura | Escrito por Thiago Soares e Renata Sena | 03 de fevereiro de 2023 - 15:59
Phillipe é casado e tem uma filha de apenas 4 anos de idade
Phillipe é casado e tem uma filha de apenas 4 anos de idade -

Um mototaxista foi sequestrado, na última quarta-feira (1º), no bairro do Pacheco, em São Gonçalo. No mesmo dia, os bandidos entraram em contato com familiares da vítima pedindo dinheiro para liberação do rapaz. A modalidade criminosa, famosa nos anos 90, não acontecia há aproximadamente 20 meses e voltou a ser registrada no município. 

Phillipe Prado de Oliveira, de 29 anos, estava trabalhando na região quando foi capturado pelos criminosos. De acordo com familiares, ele foi visto pela última vez por volta das 19h30. Sua moto, uma Yamaha Lander 250, de placa RYJ7F53 ainda não foi localizada.

Algumas horas depois do desaparecimento do rapaz, uma pessoa entrou em contato com a família através de um aplicativo de mensagens pedindo o valor de R$ 5 mil pelo resgate. A família, no entanto, não conseguiu pagar a quantia.

Já na madrugada desta sexta-feira (3), segundo a família da vítima, os bandidos entraram novamente em contato.

O caso foi, inicialmente, registrado na 74ªDP (Alcântara) e repassado para a Delegacia Antissequestro (DAS), que segue investigando o caso.

De acordo com informações da polícia, Phillipe não tem nenhuma passagem pela polícia e nem mesmo histórico de conflitos.

Sequestro

Os últimos casos de sequestros registrados em São Gonçalo aconteceram em 2021. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) da Polícia Civil, houve um registro em março e outro em maio daquele ano.

Em 2020, a Polícia Civil também registrou um caso da modalidade criminosa, em novembro. Esse registro quebrou uma sequência de mais de 30 meses sem ocorrências do tipo.

Matérias Relacionadas