Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1515 | Euro R$ 5,5085
Search

Atendente de lanchonete baleado por bombeiro perde o rim esquerdo

O caso segue em investigação

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de maio de 2022 - 10:21
O rapaz sofre com as consequências do ato de um bombeiro militar
O rapaz sofre com as consequências do ato de um bombeiro militar -

Mateus Domingues Carvalho, o jovem de 21 anos que foi baleado enquanto trabalhava no Mc Donald's da Taquara, continua no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, se recuperando. O rapaz sofre com as consequências do ato de um bombeiro militar, identificado como Paulo César de Souza Albuquerque, que não conseguiu usar um cupom de desconto e resolveu atirar no atendente da lanchonete. Após passar por uma cirurgia, Mateus perdeu o rim esquerdo.

Segundo amigos de Mateus, em entrevista ao Bom Dia Rio, da TV Globo, o crime ocorreu quando o atirador fez um pedido no drive-thru do estabelecimento e no momento da retirada tentou apresentar um cupom de desconto. O atendente tentou explicar que o cupom deveria ter sido apresentado no momento do pedido, mas o homem, insatisfeito, quebrou a proteção de acrílico e socou o funcionário no rosto. Mateus revidou o soco com um tapa. Em seguida, o atirador entrou na loja e atirou contra a vítima. Mateus foi socorrido por seus colegas de trabalho, que chamaram as autoridades em seguida.

O caso segue sendo investigado e a defesa do acusado afirma que o tiro foi acidental. O bombeiro responsável pelo ato não pode mais ter posse de armas após suspensão da corporação. Ainda na última segunda (9), a Justiça do Rio negou o pedido de prisão temporária encaminhado pelo delegado Ângelo José Lages Machado para o bombeiro que atirou no atendente.

Apesar de ter perdido um rim, o estado de saúde de Mateus é estável.

Matérias Relacionadas