Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0876 Euro down 5,2137
Search

PMERJ recebe nova frota de blindados

Novos veículos foram projetados de acordo com as necessidades da corporação

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de maio de 2022 - 14:28
Primeiro lote contém 7 dos 30 blindados adquiridos pela corporação
Primeiro lote contém 7 dos 30 blindados adquiridos pela corporação -

O quartel do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, em Ramos, na Zona Norte do Rio, recebeu o primeiro lote com 7 dos 30 blindados adquiridos pela corporação. Além de mais ágeis e compactos, os novos veículos são equipados com câmeras de segurança de última geração.

Segundo a PM, outros oito blindados serão entregues até a metade do ano. A segunda metade do lote, com mais 15 veículos, será entregue ao longo do segundo semestre, conforme previsto em contrato. A renovação da frota, já bastante desgastada pelo tempo de uso, garante maior segurança aos agentes da corporação.

"Esses novos blindados representam um grande avanço para nossa corporação. O projeto foi desenvolvido para atender às nossas demandas. O primeiro protótipo passou por ajustes e a partir daí foi iniciada a produção em série. É um equipamento de grande importância para a segurança da nossa tropa.", afirmou o secretário de Estado de Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Marinho Pires.

Este primeiro lote de blindados será distribuído entre o 3º (Méier), o 7º (São Gonçalo), o 9º (Rocha Miranda), o 14º (Bangu), o 15 º (Caxias), o 16º (Olaria) e o 24º (Queimados) Batalhões de Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

Fabricados pela empresa brasileira Combate, os veículos foram projetados para operar em terrenos adversos, como vias estreitas e acidentadas, e contam com blindagem nível 3, capaz de suportar tiros de fuzil, e pneus com gel. Cada unidade comporta 10 agentes e está avaliada em R$625,5 mil, o que representa um investimento total de R$20 milhões pelo governo estadual.

A última frota de oito blindados foi adquirida de uma concessionária sul-africana pelo valor ajustado de R$1,5 milhão, por veículo, em 2013. De acordo com o coronel Marinho Pires, além de bem mais baratos, os novos blindados, projetados com base no contexto carioca, oferecem vantagens operacionais e mais agilidade na reposição de peças.

Matérias Relacionadas