Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0904 Euro up 5,2427
Search

Operação 'Caça Gatos' da Enel encontra 407 furtos e prende três em Niterói

Uma lanchonete foi interditada

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de maio de 2022 - 10:39
Foram realizados cinco registros de ocorrência e três prisões em parceria com a Polícia Civil
Foram realizados cinco registros de ocorrência e três prisões em parceria com a Polícia Civil -

A operação Energia Legal, realizada pela Enel Distribuição Rio em conjunto com a Polícia Civil na semana passada, em Niterói, identificou 407 irregularidades na medição de energia de estabelecimentos comerciais e residenciais, além da abertura de cinco registros de ocorrência e três prisões nestes segmentos. Durante a operação, inclusive, a polícia interditou uma lanchonete no Fonseca que estava ligada direto em três fases, sem passar pelo medidor de energia.

Os moradores do município também puderam solicitar vários serviços, como segunda via de conta, troca de titularidade e parcelamentos de dívidas, por meio de uma unidade móvel de atendimento da Enel Rio. Essa unidade móvel tem por objetivo facilitar o acesso dos clientes aos serviços, além de garantir que o atendimento seja realizado respeitando as medidas de higiene e de distanciamento, diante do cenário de pandemia da Covid-19. Ao todo, foram realizados 43 atendimentos comerciais.

Com objetivo de combater irregularidades e furtos, a operação realizou sua 24ª edição e, até o momento, já identificou furto de energia em 11.149 clientes, sendo 10.288 residências e 861 comércios nas 18 cidades por onde passou desde o fim de 2019.

"O trabalho integrado entre as diversas áreas da empresa, em conjunto com a Polícia Civil, gera resultados muito relevantes no combate ao furto de energia. Minimizar este tipo de ocorrência em nossa área de concessão, assim como os bons resultados operacionais, geram benefícios tanto para a companhia quanto para os clientes”, afirmou Ricardo Lima, responsável por Operações de Perdas da Enel Rio.   

Consumo consciente de energia  

Ao longo da ação, a Enel Distribuição Rio também disponibilizou dicas de segurança e de consumo consciente de energia a 122 pessoas por meio de palestras educativas e realizou troca de 40 lâmpadas por modelos LED, mais eficientes. Além disso, a distribuidora ofereceu informações e atendimento para o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (Baixa Renda), programa do Governo Federal que oferece descontos na conta de energia de até 65% em relação à tarifa residencial convencional.

Outra ação realizada durante o Energia Legal foi o projeto Colorindo com Energia, que consiste no grafite em muros de subestações da companhia ou de comunidades onde os operativos estão sendo realizados. A iniciativa reforça de forma mais lúdica a mensagem dos riscos e malefícios do furto de energia. Nesta primeira edição, a arte foi assinada pela Visionartz, mesma agência do projeto de urbanismo tático Rua Walls, na região do Porto Maravilha. Eles deixaram seus traços no muro da Subestação Zona Sul da Enel Rio, no Largo da Batalha.

“Utilizamos como personagem central o Juca Energia, pensado para transmitir orientações a respeito do uso seguro da energia à população, além de trazer a mensagem de como é perigoso realizar uma ligação clandestina e de que forma isso pode prejudicar toda a comunidade”, explica Leonardo Soares, responsável por Sustentabilidade na Enel Rio.

Combate ao furto de energia    

Os clientes que quiserem denunciar o furto de energia podem fazê-lo pela internet: https://www.enel.com.br/, pelo aplicativo Enel Rio ou pelo 0800 280 0120. Não é necessário se identificar.     

Matérias Relacionadas