Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down 5,4907
Search

Polícia Civil deflagra operação contra traficantes na Costa Verde

A ação conta com apoio de diversas delegacias, CORE e Polícia Militar

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de maio de 2022 - 08:21
Agentes cumprirão mandados de prisão e de busca e apreensão em Mangaratiba, Angra dos Reis e na Zona Norte da capital do Rio
Agentes cumprirão mandados de prisão e de busca e apreensão em Mangaratiba, Angra dos Reis e na Zona Norte da capital do Rio -

Policiais civis da 165ª DP (Mangaratiba), realizam, nesta terça-feira (03/05), a Operação Ablatio, que tem como objetivo cumprir 29 mandados de prisão e 28 de busca e apreensão contra uma organização criminosa de traficantes que busca ampliar o território e os lucros com a venda de drogas em cidades da Região da Costa Verde do Rio.

A ação conta com apoio de agentes de diversas delegacias, da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), da Polícia Militar e acontecerá no Distrito de Conceição de Jacareí, em Mangaratiba; nas localidades de Sapinhatuba e Monsuaba, em Angra dos Reis; e na comunidade Faz Quem Quer, no bairro Rocha Miranda, na Zona Norte da capital do Rio.

Segundo as investigações, essas regiões sofrem influência de umas das maiores facções do Rio de Janeiro. Por meio de um trabalho de inteligência e monitoramento, os agentes observaram movimentação de traficantes e um crescente fluxo migratório de criminosos das comunidades de Angra dos Reis e da capital para o Distrito de Conceição de Jacareí, em Mangaratiba, em busca de consolidar o tráfico de drogas na localidade. Além disso, os alvos da operação são responsáveis pela prática de outros crimes, como roubos de veículos, de cargas, de estabelecimentos comerciais e de pedestres.

De acordo com a 165ª DP, traficantes levam armas de grosso calibre (fuzis e pistolas), além de expressiva quantidade de drogas para Conceição de Jacareí, aumentando os lucros e, consequentemente, o poderio bélico e territorial. Os criminosos também instalam barricadas nas ruas da localidade, dificultando o acesso de moradores e ações policiais na região.

Matérias Relacionadas