Policial militar é morto após ser reconhecido ao sair de pagode

Ele deixa um filho e uma esposa

Escrito por Redação 25/04/2022 08:14, atualizado em 25/04/2022 08:25
O caso ocorreu nesta madrugada (25)
O caso ocorreu nesta madrugada (25) . Foto: Divulgação

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense está investigando o caso do policial militar lotado no Destacamento de Polícia Ostensiva (DPO) do Roseiral, do 39º BPM (Belford Roxo) que morreu após um confronto com criminosos nesta madrugada de segunda-feira (25). Ele foi baleado no tórax e não resistiu aos ferimentos. 

Segundo informações do G1, ele estava de folga e teria saído de um pagode quando foi reconhecido por criminosos, mesmo não estando em serviço, e foi abordado no Parque São Bernardo, em Belford Roxo. O policial reagiu à investida dos criminosos e acabou ferido. Ele foi socorrido por outros militares que foram acionados para o caso e foi levado ao hospital, onde veio a óbito. 

Ainda não se sabe a identidade dos criminosos, mas o caso segue em investigação. A arma da vítima foi encontrada já descarregada, o que comprova que houve um confronto. Ele era casado e deixa um filho.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas