Polícia faz ação contra pirataria de conteúdo audiovisual no Rio

As investigações contaram com o apoio do Ministério da Justiça

Escrito por Agência Brasil 19/04/2022 09:54, atualizado em 19/04/2022 09:54
Grupo é suspeito  de distribuir ilegalmente conteúdo audiovisual pela internet
Grupo é suspeito de distribuir ilegalmente conteúdo audiovisual pela internet . Foto: Divulgação/Agência Brasil

Policiais civis do Rio de Janeiro cumprem hoje (19) 13 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de distribuir ilegalmente conteúdo audiovisual pela internet. Segundo a Polícia Civil, o grupo oferece acesso a conteúdos de entretenimento, via streaming, através do pagamento de uma mensalidade, mas sem a devida licença dos detentores dos direitos autorais.

As investigações contaram com o apoio do Ministério da Justiça, que compartilhou informações com a Polícia Civil fluminense.

De acordo com a Polícia Civil, os sites investigados possuem mais de 46 milhões de acessos por ano e causam um prejuízo estimado de mais de R$ 100 milhões.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, de Duque de Caxias, Magé e Cabo Frio. Até as 8h da manhã de hoje, os agentes já tinham apreendido aparelhos de telefone celular, computadores, notebooks, tablets e documentos.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas