Homem que arrastou idosa na Pavuna já tinha invadido uma creche em janeiro

Júlio Cesar tentou roubar o carro da vítima que buscava sua filha no momento do crime

Escrito por Redação 18/04/2022 19:15, atualizado em 18/04/2022 19:15
Eci já teve alta na última sexta-feira (15)
Eci já teve alta na última sexta-feira (15) . Foto: Reprodução/TV Globo

O preso acusado de ter arrastado a idosa Eci Coutinho Bella, de 72 anos, no roubo que aconteceu na Pavuna, Zona Norte do Rio, ele já teria feito outro assalto em janeiro deste ano, no mesmo local.

Júlio Cesar Bernardo, 19 anos foi visto pelas câmeras de segurança enquanto cometia o crime. De acordo com uma reportagem do ‘Fantástico’, da TV Globo. As imagens do criminoso, mostram que um homem estava com uma criança em seu colo de frente à creche. Júlio chega perto do local e puxa uma arma, o homem então entra na creche e é seguido pelo criminoso.

Já pela parte de dentro das instalações, é possível ver a vítima entregando uma chave do carro para o ladrão e não aparenta se importar com as crianças ao seu redor. Ainda assim, ele insiste em roubar mais coisas da vítima.

Júlio Cesar foi preso na quarta-feira, dia 13 de abril, depois de ter sido identificado por usar o celular do filho de Eci, Alex Coutinho, para tirar fotos com sua namorada. Foi reconhecido logo depois pelos familiares da idosa. Durante a ocasião ele usava a mesma roupa que usou durante o assalto.

O outro preso, Alex Sandro da Silva Junior, de 22 anos. Já tinha consigo três anotações criminais, incluindo uma acusação ao participar de um homicídio de um médico.

Ambos irão responder a principio por tentativa de latrocínio, roubo seguido de morte.

Eci já teve alta, na sexta-feira (15), logo depois de ficar uma semana internada. Ela teve fraturas em seu ombro e ferimentos graves em seu corpo todo. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas