Pastor é acusado de esfaquear e matar ex-esposa no Rio

A vítima teria se separado por causa do comportamento violento

Escrito por Redação 01/04/2022 21:43, atualizado em 01/04/2022 21:44
O pastor já apresentava um comportamento violento antes da separação.
O pastor já apresentava um comportamento violento antes da separação. . Foto: Arquivo Pessoal

Haisalana Rodrigues de Lima, de 22 anos, estudante de enfermagem e moradora do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, foi morta a facadas durante a noite desta quinta-feira (31). O principal suspeito do crime é seu ex-marido, um pastor de uma igreja evangélica, que, segundo testemunhas, invadiu a casa da ex-mulher. Ele está desaparecido.

Haisalana, que é natural do Sobral, no Ceará, deixa uma filha de cinco anos, fruto do casamento com o pastor.

A Delegacia de Homicídios (DH) da Capital está investigando o caso. Segundo informações,  testemunhas teriam contado a polícia que o suspeito pode estar refugiado na comunidade.

De acordo com a polícia, Haisalana foi socorrida, porém faleceu na emergência do Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), na Penha. Logo depois de ter sido esfaqueada, ela foi levada por seus familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Maré, porém precisou ser transferida para o Hospital.

A Polícia Civil vai ouvir parentes, amigos e os vizinhos da vítima. Caso confirmado, o autor do crime, o pastor, será indiciado pelo crime de feminicídio.

As testemunhas já tinham relatado a polícia que Haisalana estava separada do ex-marido, por ele apresentar diversos comportamentos violentos. O crime ocorreu na casa dos pais da vítima, onde ela morava.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas