DHC investiga morte de primeiro PM morto em serviço este ano

O Portal dos Procurados emitiu um cartaz para ajudar a encontrar os responsáveis pelo assassinato

Escrito por Redação 28/01/2022 11:14, atualizado em 28/01/2022 11:56
Cartaz emitido pelo Portal dos Procurados
Cartaz emitido pelo Portal dos Procurados . Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados emitiu uma cartaz para ajudar a encontrar os responsáveis pela morte de Sandro Santos da Silva, de 30 anos. O soldado, lotado no 22º BPM, na Maré, foi o primeiro policial militar morto em ação este ano. As investigações são coordenadas pelo Núcleo de Investigação de Morte de Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (NIMP-DHC).

Sandro foi baleado no tórax durante tentativa de abordagem a um veículo em atitude suspeita na Avenida Brasil, nas imediações do Parque União, no Complexo da Maré, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio, nesta quarta-feira (26). Após tomar ciência do ocorrido, os criminosos abandonaram o veículo e fugiram a pé.

O soldado chegou a ser encaminhado ao Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) onde foi submetido a cirurgia, mas não resistiu ao procedimento e veio a óbito. Além deste, um outro agente da corporação e um jovem, de 20 anos, que passava pelo local durante o tiroteio, também ficaram feridos.

Com Sandro, chega a três o número de agentes de segurança assassinados em 2022, sendo um destes um policial penal e os dois outros militares.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas