Polícia registra noite violenta, com mulher e dois homens executados em Niterói e SG

Em Guaxindiba, grupo armado atacou pessoas na Rua Silva Porto, onde um jovem de 20 anos morreu e outro ficou ferido. Em Niterói, mulher, foi baleada na Zona Norte e socorrida a hospital do Fonseca, mas não resistiu

Escrito por Redação 23/01/2022 11:39, atualizado em 23/01/2022 11:39
DH/Niterói investiga os casos
DH/Niterói investiga os casos . Foto: Divulgação

Três pessoas foram executadas, a tiros, entre a noite deste sábado (22) e a madrugada deste domingo (23). Os casos aconteceram em São Gonçalo, onde além dos mortos, uma pessoa ficou ferida, e em Niterói, onde uma mulher foi assassinada. 

São Gonçalo 

Em Guaxindiba,  um homem morreu e outro ficou baleado após um ataque criminoso, na Rua Silva Porto. 

A dupla estava na via quando os bandidos efetuaram os disparos. Um homem, de 20 anos, que já foi identificado  pela família, morreu no local. Outra vítima,  também homem ainda não identificado, foi baleado e socorrido para o Hospital Estadual Alberto Torres,  no Colubandê.  

O caso aconteceu em frente uma lanchonete do bairro e a família da vítima foi até o local logo após receber a notícia do crime, que aconteceu na noite de sábado. 

Já na madrugada deste domingo, a Polícia Militar foi acionada para a Rua Expedicionário Américo Fernandes, em Ipiiba, onde um homem foi torturado e executado. 

A vítima, identificada como Lucas Pereira, estava com mãos e pés amarrados, alem de marcas de tiros. 

Niterói

Em Niterói, a vítima foi uma mulher, identificada  como Dandara Santos. O caso aconteceu no sábado e ela chegou a ser socorrida para o Hospital Estadual Azevedo Lima,  no Fonseca, porém já chegou a unidade sem vida. 

A jovem, que possuía marcas de tiros no corpo, foi deixada na unidade de saúde, mas nenhuma testemunha do caso foi localizada até o momento. Ainda não foi divulgado sequer onde o crime aconteceu.

Investigação 

Todos os casos foram periciados pelos agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo,  onde os homicídios serão investigados. 

Imagens de câmeras de seguranças e testemunhas serão analisadas e ouvidas para que informações possam ajudar na elucidação dos crimes. 

Os corpos das vítimas de São Gonçalo foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó,  no mesmo município.  Já o corpo da jovem, deixado no hospital do Fonseca, foi removido para o IML do Barreto, em Niterói.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas