Polícia faz operação contra traficantes do quadrilha que montou plano de fuga em Niterói com sequestro de helicóptero

Ação conjunta entre forças de Segurança da Polícia Civil e da Prefeitura de Niterói foi para localizar traficantes da comunidade do Boa Vista, entre São Lourtenço e a Zona Norte, ligados a ações de roubos de veículos e de cargas

Escrito por Redação 21/10/2021 18:01, atualizado em 21/10/2021 18:57
Duas pessoas foram presas na operação
Duas pessoas foram presas na operação . Foto: Divulgação

Policiais civis da 76ª DP (Niterói) realizaram, nesta quinta-feira (21/10), uma operação para cumprir mandados de prisão contra integrantes de uma facção do tráfico de drogas da comunidade do Boa Vista, que faz divisa entre o Centro e a Zona Norte daquela cidade. Aquela comunidade, segundo a polícia tem atuação da mesma quadrilha que planejou o frustrado plano de fuga de quatro 'chefões' do Comando Vermelho, do presídio Vicente Piragibe, no mês passado, na Zona Oester da capital, através do sequestro do helicópero de uma empresa particular.

A ação só não se consmumou porque o piloto da aeronave, em uma manobra heróica, tentou pousar na sede do 14ºBPM (Bangu), em meio a briga de dois criminsos que o mantinham sob a mita de dois fuzis, fazendo os criminosos desistirem da ação. Segundo investigações da polícia, Marco Antônio da Silva, o Pará do Sabão, e Khawan Eduardo Costa Silva, integram a quadrilha que comanda o tráfico de drogas na comunidades do Sabão, e do Boa Vista, entre São Lorenço e a Zona Norte de Niterói, Marco é apontado como 'gerente' e homem de confiança de Carlos Vinicius Lirio da Silva, o Cabeça, que mesmo preso, seria responsável pelo controle da venda de drogas nesses locais e um dos integrantes do Comando Vermelho. Pará e Kawan, que estão sendo procurados pelo plano de sequestro não estavan entre os alvos da ação desencadeada nessa quinta-feira pela Polícia Civil.      

Roubos - De acordo com os agentes, os criminosos são apontados como autores de roubos de veículos e de cargas em diversas regiões do município. Duas pessoas foram presas, sendo uma delas em cumprimento a mandado de prisão por outro procedimento. A operação é resultado de investigações conduzidas por equipes da 76ª DP, 77ª DP (Icaraí) e 78ª DP (Fonseca) e contou com apoio de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), do programa Segurança Presente e da Secretaria de Ordem Pública (SEOP).

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas