Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Polícia Civil prende mulher que prostituiu a filha menor de idade

Abusador continua foragido

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 31 de agosto de 2021 - 10:56
As investigações comprovaram a veracidade do fato, inclusive, por meio de imagens das câmeras de segurança do motel
As investigações comprovaram a veracidade do fato, inclusive, por meio de imagens das câmeras de segurança do motel -

Policiais civis da 137ª DP (Miracema) prenderam, nesta sexta-feira (27/08), uma mulher que teria prostituído a própria filha, de apenas 12 anos. Os agentes chegaram até ela quando investigavam um homem, acusado de abusar de outras duas crianças, que permanece foragido.

Moises Alves Matos,  de 44 anos, teve a prisão temporária decretada após a equipe da Delegacia de Miracema apurar que ele tinha estuprado dois irmãos – uma menina, de 11 anos, e um menino, de 8 anos – em um motel da cidade. O caso foi descoberto porque o autor mandou que o menino gravasse o estupro com seu celular, mas o menor acabou postando o vídeo em uma rede social do criminoso.

As investigações comprovaram a veracidade do fato, inclusive, por meio de imagens das câmeras de segurança do motel, que identificaram o carro do homem entrando no estabelecimento, bem como por meio de uma análise comparativa dos prints das filmagens com as fotografias tiradas pela equipe da 137ª DP no quarto do motel onde o fato ocorreu. Para entrar no local, o acusado colocou as crianças abaixadas no banco de trás de seu veículo.

A partir deste fato, os agentes, com apoio do Conselho Tutelar e do 36º Batalhão da Polícia Militar (BPM), prosseguiram com a apuração e descobriram que outra criança, de 12 anos, também havia sido levada por ele para um motel na cidade de Miracema. O que surpreendeu os policiais é que a vítima foi levada não apenas pelo criminoso, mas também por sua própria mãe. No local, além de estuprar a menina, o autor teria mantido relações com a mãe, na presença da criança.

Com as evidências do crime, foi representada pela prisão preventiva da mulher, que passou a ser procurada pela polícia. Ela, enfim, foi capturada nesta sexta-feira. As investigações continuam para localizar e prender o outro autor.

Matérias Relacionadas