Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,0950 Euro up 5,2632
Search

Gamer Raulzito é indiciado por estupro de duas crianças em Niterói

Segundo a polícia há outras sete denúncias contra ele

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 19 de agosto de 2021 - 15:59
O gamer também teria feito vítimas em São Paulo, Santa Catarina e Paraíba
O gamer também teria feito vítimas em São Paulo, Santa Catarina e Paraíba -

O gamer Raulino de Oliveira Maciel, conhecido como Raulzito, foi indiciado pelo estupro vulnerável de duas crianças pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV). O inquérito foi enviado ao Ministério Público. 

Raulzito está preso atualmente devido a um mandado de prisão temporária emitido pela 4ª Vara Criminal de Niterói, onde moram duas de suas vítimas.

No último dia 27, o gamer foi preso por agentes da DCAV em Santa Catarina. Além dos casos em Niterói, há outras sete denúncias de possíveis vítimas em São Paulo, Santa Catarina e Paraíba. 

De acordo com as investigações, Raulzito entrava em contato com os pais das vítimas através das redes sociais e ganhava a confiança deles. Depois, segundo os investigadores, ele abusava das crianças em seu estúdio, em São Paulo. 

Ainda segundo as investigações, alguns abusos chegavam a acontecer na casa dos pais. Os responsáveis eram seduzidos por promessas feitas pelo gamer de que ajudaria as crianças a se tornarem conhecidas no mundo dos games. Ele se apresentava como coach de gamers e oferece consultoria para jovens que desejam entrar no ramo.

A polícia ainda investiga a possibilidade de ele ter cometido os abusos nos Estados Unidos, onde também morou por um tempo.  

"Há relatos de vítimas em todos os locais onde ele fixou residência. Estabelecemos uma parceria com a polícia americana e estamos investigando", disse o delegado Adriano França, que coordena a investigação.

Matérias Relacionadas