'Fama' nas redes sociais pode provocado a morte de investidor na Região dos Lagos

Vítima executada a tiros em São Pedro da Aldeia, muito conhecida por ostentação nas redes sociais, pode ter sofrido assalto ao ser atacada quando dirigia 'carrão' avaliado em R$ 440 mil, mas hipótese de execução também não está descartada

Escrito por Redação 05/08/2021 23:25, atualizado em 05/08/2021 18:36
Crime aconteceu em plena luz do dia
Crime aconteceu em plena luz do dia . Foto: Divulgação

As primeiras análises da polícia sobre a forma do assassinato do investidor em criptomoedas Wesley Pessano, ocorrido em plena luz do dia em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Estado do Rio, na tarde da última quarta-feira (5) indicam duas linhas de investigação para o caso.  o fato de ser uma pessoa muito conhecida, e acostumada a ostentações nas redes sociais, com imagens de muito dinheiro e ostentação, tornaram Wesley, morador de Cabo Frio, uma pessoa muito conhecida. Como não tinha o hábito de andar com seguranças, ele pode ter sido vítima de um assalto, já que o vistoso cordão de ouro que costumava usar, foi levado, mas não está descartada a hipótese de o ataque dos criminosos ser também uma execução. 

Além de analisar o circuito de câmeras da região, a polícia já começou a ouvir pessoas do círculo profissional e familiar da vítima. O crime aconteceu por volta das 16h40 na Rua Marechal Castelo Branco, no bairro São João, em São Pedro da Aldeia. Wesley foi atingido por pelo menos com três tiros. O carona foi ferido no braço e nas costas e levado para um hospital de Araruama. Não há informações sobre o estado de saúde dele, que está sob proteção policial.

O carro de Wesley, um vistoso porsche vermelho, avaliado em R$ 440 mil, foi apreendido e levado para 125ª DP (São Pedro da Aldeia), onde o caso está sendo investigado. Duas pessoas em um carro de cor prata pararam ao lado do carro de Wesley, rederam a vítima e atiraram contra ele varias vezes na altura do pescoço. Os suspeitos fugiram em seguida. Um cordão de ouro que Wesley usava no momento do crime teria sido levado pelos criminosos, o que pode indicar também que ele possa ter sofrido um assalto. 

Nas redes sociais, com cerca de 130 mil seguidores, Wesley dizia poder ajudar a alavancar a vida financeira das pessoas. As fotos ostentavam carro de luxo, dinheiro e mostravam investimentos. Na sua última publicação no Instagram, há cinco dias, Wesley aparecia com uma bolsa cheia de dinheiro, na frente de um carro de luxo e com a legenda "antes era poucos sapatos, hoje até gente tem no meu pé".


/Crime aconteceu em plena luz do dia
Crime aconteceu em plena luz do dia . Foto por Divulgação
/Wesley era muito conhecido e ensinava as pessoas a ganhar dinheiro nas redes sociais
Wesley era muito conhecido e ensinava as pessoas a ganhar dinheiro nas redes sociais . Foto por Divulgação

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas