Polícia encontra ossadas que podem ser de meninos desaparecidos na Baixada

As três crianças estão desaparecidas desde 27 de dezembro

Escrito por Redação 30/07/2021 13:43, atualizado em 30/07/2021 14:30
Uma das hipóteses é de que os meninos foram mortos após um deles roubar uma gaiola de passarinho
Uma das hipóteses é de que os meninos foram mortos após um deles roubar uma gaiola de passarinho . Foto: Reprodução

Uma ossada foi encontrada por policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) na área próxima a uma ponte em Belford Roxo, onde teriam sido deixados os sacos com os corpos dos três meninos desaparecidos desde 27 de dezembro no município da Baixada Fluminense.

Os ossos, que se assemelham a costelas, estariam dentro de um saco preto. O material foi levado para a perícia e deve levar ao menos 7 dias para ser analisado. Fios de cabelo também foram encontrados e serão analisados. 

Devido ao estado avançado de composição, não foi descartada a hipótese de que seja a ossada de um animal. De acordo com fontes da Polícia Técnico-Científica, a ossada será levada para o setor de antropologia do Instituto Médico Legal.

A informação da suposta localização dos corpos veio de uma denúncia feita nesta semana. Depois de sete meses de investigação, um homem se apresentou à polícia e disse que o próprio irmão tinha participado da ocultação dos corpos.

Lucas Matheus, de 9 anos, e Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12, sumiram no dia 27 de dezembro depois que saíram de suas casas para brincar. 

Uma das linhas de investigação é a de que as crianças tenham sido vítimas de traficantes da localidade. Outra hipótese é a de que os meninos foram mortos após um deles ter roubado uma gaiola de passarinho de um parente de um dos traficantes do Castelar.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas