Dançarino brasileiro é morto a facadas na Holanda

O crime aconteceu durante uma briga de trânsito

Escrito por Redação 21/07/2021 10:59, atualizado em 21/07/2021 11:17
Marcos Coelho, de 45 anos
Marcos Coelho, de 45 anos . Foto: Divulgação

Um dançarino e professor brasileiro de 45 anos foi morto a facadas em uma rua do centro de Amsterdã, capital da Holanda, na madrugada deste domingo (18). O homem, natural de Coronel Fabriciano, a 200km de Belo Horizonte, foi identificado como Marcos Coelho e vivia na cidade há cerca de 20 anos.

Por meio de nota, a polícia local informou que dois suspeitos foram presos em flagrante e um terceiro, que estava ferido, encaminhado a um hospital, onde está sob custódia das autoridades.

De acordo com as investigações, a vítima teria sido esfaqueada durante uma briga de trânsito. Marcos foi reanimado e encaminhado à uma unidade de saúde pelo serviço de emergência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Os responsáveis pela investigação informaram ainda que os três suspeitos são homens de 29, 34 e 35 anos. Contudo, a identidade destes não foi revelada pela polícia, que segue investigando o caso.

Amigos e ex-alunos ficaram surpresos com a notícia da morte do dançarino, descrito como uma pessoa querida, sorridente e tranquila. A violência cometida contra ele também comoveu a comunidade local que se reuniu na igreja Westerkerk nesta segunda-feira (19), em tributo a morte de Marcos.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas