Portal lança cartaz para tentar esclarecer atentado contra PM e ex-assessora da Câmara de Niterói

Mariana Silva, de 40 anos, foi executada em Niterói e PM que ela acompanha levou quatro tiros. Assassino surpreendeu os dois no carro em que estavam, no Fonseca, na Zona Norte da cidade

Escrito por Redação 20/07/2021 22:21, atualizado em 20/07/2021 23:08
Mariana foi morta e o PM ferido por atirador
Mariana foi morta e o PM ferido por atirador . Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulga nesta terça-feira (20), um cartaz para ajudar nas investigações da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá DHNSGI) para que possa obter informações que leve, m à identificação e prisão dos envolvidos na morte de Mariana Soares Queiroz da Silva, de 40 anos.

Ela foi morta a tiros, na tarde da última sexta-feira (16), em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Mariana Soares foi chefe de gabinete do ex-vereador de Niterói Carlos Macedo. Além de Mariana, o policial militar Vilmar da Silva Freitas Júnior também foi baleado. Os dois estavam em um carro na Rua Desembargador Lima Castro, no bairro Fonseca, em frente ao Detran, quando foram surpreendidos. Vilmar foi levado com vida para o Hospital Estadual Azevedo Lima, também em Niterói, e Mariana morreu dentro do carro.

De acordo com testemunhas, um homem vestido com uma roupa preta, em uma motocicleta, emparelhou o carro onde os dois estavam e fez vários disparos. O veículo estava estacionado sobre a calçada, quando o ataque aconteceu. A especializada já periciou o carro onde as vítimas estavam, e agentes analisam imagens de câmeras de segurança, para que possam identificar a autoria do crime. 

O Disque Denúncia recebe informações sobre a localização envolvidos neste crime, nos seguintes canais de atendimento:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP "Disque Denúncia RJ"

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas