Polícia prende acusado de tentativa de homicídio contra PM

Localização foi possível através do Disque-Denúncia. Crime ocorreu na orla do Rio, em 2019, e agente de segurança teve que passar para a reserva, por causa de sequelas sofridas

Escrito por Redação 28/05/2021 21:35, atualizado em 28/05/2021 22:25
Acusado foi preso a partir de informações do Disque-Denúncia
Acusado foi preso a partir de informações do Disque-Denúncia . Foto: Divulgação

Policiais Civis da 35ª DP (Campo Grande), com informações passadas pelo Disque Denúncia, prenderam na noite desta quinta-feira (27), em Cabo Frio, o foragido da Justiça Thiago Amaral de Almeida, de 22 anos. Ele é um dos acusados de tentar matar um Cabo da Polícia Militar, em Copacabana, em 2019. Contra Thiago havia um mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal da Capital, pelo crime de Homicídio Qualificado.

Lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Jacarezinho, na Zona Norte, o Cabo PM Rodrigo Medina Coelho estava à paisana em frente a um quiosque e assistia um bloco pré-carnavalesco, na Zona Sul do Rio em 2019 quando houve um desentendimento entre pessoas que estavam no evento.

Na confusão, o cabo Medina, segundo investigações da 13ª DP, foi reconhecido como policial militar pelo criminoso Wellington, e acabou espancado por mais dois criminosos que estavam juntos com o bandido e teve traumatismo craniano grave. Ele ficou internado no Hospital Miguel Couto, no Leblon, por mais de dois meses, e recebeu alta quatro meses depois, mas com sequelas devido as agressões sofridas, o que provocou a sua passagem para reserva da PM, por incapacidade física e mental.

O outro envolvido no crime Wellington Borghesi de Oliveira, de 25 anos, foi preso por Policiais Militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) em fevereiro deste ano, durante uma operação na rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) no trecho entre Saquarema e Maricá.

O Disque Denúncia recebe informações sobre foragidos da Justiça seguintes canais de atendimento:

WhatsApp do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

Telefones: (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP "Disque Denúncia RJ"

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

O Anonimato é Garantido.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas