Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0741 Euro down 5,2058
Search

Portal busca informações sobre envolvidos na tentativa de homicídio contra PM

Policial foi espancado durante desfile de bloco carnavalesco em Copacabana, no Rio, em 2019

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de fevereiro de 2021 - 17:58
Imagem ilustrativa da imagem Portal  busca informações sobre envolvidos na tentativa de homicídio contra PM

O Portal dos Procurados divulgou, nesta terça-feira (23), um cartaz para ajudar a 13ª DP  (Copacabana)  com informações que possam levar às prisões de Wellington Borghesi de Oliveira, de 25 anos e Thiago Amaral de Almeida, de 22. Eles suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio de duas vítimas, sendo uma delas o cabo da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Rodrigo Medina Coelho. Os dois já são considerados foragidos da Justiça.

Lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Jacarezinho, na Zona Norte, o cabo Medina, estava à paisana em frente ao quiosque Praia Skol, e assistia um bloco pré-carnavalesco em Copacabana, na Zona Sul do Rio, em 2019, quando houve um desentendimento entre pessoas que estavam assistindo o evento. Na confusão, o cabo Medina, segundo investigações da 13ª DP, foi reconhecido como policial militar pelo criminoso Wellington, e acabou espancado por mais dois criminosos que estavam juntos com Wellington. O cabo teria se tornado alvo de uma maior carga de violência, resultando-lhe, dentre outros diagnósticos, traumatismo craniano grave.  

Ele ficou internado no Hospital Miguel Couto, no Leblon, por mais de dois meses, e recebeu alta quatro meses depois, mas com sequelas devido as agressões sofridas.

Contra os dois envolvidos ainda em liberdade, foi expedido mandado de prisão, pela 2ª Vara Criminal da Capital, pelo crime de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP). Um terceiro envolvido, Evandro Reis do Carmo, foi preso pela 12ª DP.

O Disque Denúncia recebe informações sobre os dois procurados nos seguintes canais de atendimento:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP "Disque Denúncia RJ"

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

O Anonimato é Garantido.

A 13ª DP está encarregada das investigações e do inquérito criminal

Matérias Relacionadas