Polícia Militar apreende oito fuzis em sete horas no Rio

As armas de guerra foram apreendidas em pontos distintos da cidade

Escrito por Redação 10/02/2021 07:32, atualizado em 10/02/2021 08:32
As ocorrências foram registradas na 21ª DP (Bonsucesso), 39ª DP (Pavuna), 19ª DP (Tijuca) e 32ª DP (Taquara) respectivamente
As ocorrências foram registradas na 21ª DP (Bonsucesso), 39ª DP (Pavuna), 19ª DP (Tijuca) e 32ª DP (Taquara) respectivamente . Foto: Divulgação

A terça-feira (9/2) começou com um expressivo saldo positivo durante a atuação das equipes da Secretaria de Estado de Polícia Militar no Rio de Janeiro: oito fuzis foram retirados das ruas entre o fim da madrugada e o restante da manhã. As armas de guerra foram apreendidas em pontos distintos da cidade, em ocorrências na Ilha do Governador, no Complexo de Comunidades do Chapadão, em Costa Barros, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, e na Comunidade Cidade de Deus, em Jacarepaguá.

Na primeira ação, no fim da madrugada, equipes do 17º BPM (Ilha do Governador) realizavam policiamento pelo bairro dos Bancários quando avistaram dois veículos com indivíduos em atitude suspeita. Ao tentar abordar os automóveis, os policiais foram atacados a tiros e houve confronto. Neste momento, um dos carros colidiu contra um poste e o outro conseguiu fugir. Após cessarem os disparos, os militares localizaram dois suspeitos que estavam no automóvel e sofreram escoriações devido à colisão, os socorrendo ao Hospital Municipal Evandro Freire. Na ação, um fuzil, duas réplicas de fuzil, uma réplica de pistola e um rádio transmissor foram apreendidos. A ocorrência foi apresentada na 21ª DP para apuração dos fatos.

Já nas primeiras horas da manhã, equipes do 41º BPM (Irajá) realizavam policiamento pelas imediações do Complexo de Comunidades do Chapadão, em Costa Barros, quando criminosos armados atiraram contra os policiais, gerando confronto. Em ação contínua pela Rua Fernando Lobo, as equipes apreenderam cinco fuzis. Dois criminosos feridos foram socorridos ao Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes.

Em Vila Isabel, por volta das 9h, equipes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Macacos realizavam policiamento pela comunidade quando, na esquina da Rua Petrocochino com Rua Senador Nabuco, criminosos armados atiraram contra os policiais, gerando confronto. Um criminoso foi atingido e socorrido ao Hospital Federal do Andaraí, onde não resistiu. Com ele foi apreendido um fuzil. Um segundo homem também foi preso.

O criminoso atingido, conhecido como “Messi”, era apontado como um dos chefes do crime organizado e do tráfico de drogas no Morro dos Macacos, possuindo 12 mandados de prisão em aberto em seu desfavor por crimes diversos como Homicídio Qualificado, Tráfico de drogas e Condutas Afins, Resistência, Posse ou Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Restrito dentre outros. O Portal dos Procurados do Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 1.000,00 por informações que colaborassem com sua captura.

Também ao longo da manhã, durante uma ampla ação de repressão ao crime organizado e comércio de entorpecentes na Comunidade Cidade de Deus, na Zona Oeste da Cidade do Rio, equipes do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA) apreenderam um fuzil, rádios comunicadores e farta quantidade de entorpecentes a ser contabilizada, além de realizarem a prisão de quatro homens. Na parte da tarde, alguns moradores realizaram uma manifestação e tentaram interditar vias da região. Equipes do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) e das Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM) seguiram em apoio para estabilizar o perímetro. Policiais do Comando de Operações Especiais (COE) – através do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e do Batalhão de Ações com Cães (BAC) – também foram acionados para reforçar o policiamento em toda a região. Durante as ações de apoio, equipes do BAC apreenderam duas pistolas e material entorpecente a ser contabilizado.

As ocorrências foram registradas na 21ª DP (Bonsucesso), 39ª DP (Pavuna), 19ª DP (Tijuca) e 32ª DP (Taquara) respectivamente.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas