"Essa acusação de estupro eu nego", dispara vocalista do grupo Molejo sobre acusação

Anderson Leonardo deu seu depoimento e confirma a relação sexual, mas garante que foi consentida

Escrito por Redação 05/02/2021 22:02, atualizado em 05/02/2021 22:57
. Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, prestou cerca de quatro horas de depoimento a 33ª DP (Realengo), se defendendo da acusação de estupro feita pelo funkeiro Maycon Douglas Nascimento Adão, conhecido como MC Maylon. De acordo com o cantor, a relação sexual realmente aconteceu, contudo, de maneira consentida de ambas as partes. Anderson ainda ressalta que atualmente está sendo chantageado pelo jovem de 21 anos.

 

Ainda segundo Anderson, eles foram ao motel na Estrada do Canhoto, em Sulacap, no Rio, no dia 11 de dezembro, onde o ato sexual aconteceu, sendo a primeira e única vez em que tiveram a relação. “Aconteceu tudo de forma consensual, foi tudo permitido. Essa acusação de estupro eu nego. Meu depoimento já foi dado aqui para todas as autoridades, onde serão apuradas todas as verdades. E a verdade é que aconteceu, sim, uma coisa entre mim e ele, mas tudo permitido de ambos os lados”, revela o artista.

 

Depois do encontro, o vocalista do grupo Molejo começou a ser chantageado por Maycon e sua mãe, Jupira Nascimento. O suposto motivo seria devido ao jovem pensar que seria uma oportunidade de conseguir se destacar no meio artístico. “Quando dei oportunidade de dar uma canja no meu show, ele não foi bem nas vezes que deixei ele cantar, quatro vezes no máximo. Falei que ele tinha que treinar mais porque não estava bem. Fui me afastando, porque fui vendo que estava sendo assediado, ele começou a me chantagear. A mãe dele falou que tinha vídeos meus entrando no motel com o filho dela, e falava: 'e aí, como a gente faz? Por que você parou de dar atenção profissional ao meu filho?”, informou em seu depoimento.

 

Foi ainda revelado por Anderson que o MC criava esperanças de que eles tivessem uma relação mais séria, ao qual foi confirmado que eles “só tiveram uma atração e vontade de sair”. Quando Maycon iniciou a chantagem, o pagodeiro pensou que ele queria apenas expor o caso, mas foi pego de surpresa ao se deparar com a acusação de estupro.

 

“Eu estava sendo chantageado, mas aguentei calado. Depois falei 'se você acha que tem que colocar para a mídia, coloca', mas achei que ele fosse falar que a gente tinha um caso, do que aconteceu com a gente e pronto. Mas aí, ele levar essa acusação de estupro, falando de cueca com sangue e sêmen, nada disso. Sou uma pessoa que sei me relacionar, não sou nenhum menino e sei muito bem quando faço uma coisa forçada", finaliza.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas