Polícia Civil fecha depósito de distribuição de bebidas adulteradas

. As bebidas eram vendidas para casas noturnas e bares no Rio de Janeiro.

Escrito por Redação 05/02/2021 09:44, atualizado em 05/02/2021 11:30
As garrafas originais eram adquiridas vazias em eventos no Rio de Janeiro
As garrafas originais eram adquiridas vazias em eventos no Rio de Janeiro . Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia do Consumidor (Decon) estouraram um depósito de bebidas adulteradas, nesta quinta-feira (04/02), em Ricardo de Albuquerque, Zona Norte do Rio. No local, encontrado após trabalho de inteligência e monitoramento realizado pela equipe da unidade, o produto era envasado e distribuído. As bebidas eram  vendidas para casas noturnas e bares no Rio de Janeiro.

Mais de 500 litros de diversas bebidas destiladas foram encontrados no local, como vodka, gin e whisky. Um homem foi preso por crime contra o consumidor. O dono do depósito utilizava marcas de qualidade inferior e desconhecidas no mercado e envasava como se fossem de marcas mais conhecidas.

As garrafas originais eram adquiridas vazias em eventos no Rio de Janeiro. As bebidas utilizadas para enganar os consumidores chegavam a custar apenas R$ 10,00 em estabelecimentos comerciais, preço bem abaixo das marcas mais populares.

Além disso, o dono do local reproduzia os rótulos, tampas e selos fiscais similares aos originais para ludibriar os consumidores. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas