Polícia Civil prende mãe que torturou filha de sete anos na Baixada

Contra ela foi cumprido mandado de prisão preventiva

Escrito por Redação 04/02/2021 06:48, atualizado em 04/02/2021 08:15
Os crimes teriam ocorrido em outubro de 2020
Os crimes teriam ocorrido em outubro de 2020 . Foto: Reprodução/Internet

Policiais civis da 15ª DP (Gávea) prenderam, nesta quarta-feira (03/02), uma mulher que torturou a própria filha, de sete anos. Ela foi capturada no município de Queimados, na Baixada Fluminense, onde foi cumprido mandado de prisão preventiva.

A investigação foi conduzida pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítimas (DCAV). A avó da criança procurou a unidade para denunciar que a menina havia sofrido queimaduras com um garfo quente, agressões com um cabo de vassoura e ameaças de morte.

Os crimes teriam ocorrido em outubro de 2020, no bairro Coelho Neto, Zona Norte do Rio. A mulher foi indiciada pela prática do crime de tortura.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas