Bandidos sequestram veículos para fazer barricada na Vila Aliança

A ideia era impedir que a PM entrasse na comunidade

Escrito por Redação 27/01/2021 09:31, atualizado em 27/01/2021 12:22
Os veículos foram posicionados de forma atravessada nas principais vias de acesso ao local
Os veículos foram posicionados de forma atravessada nas principais vias de acesso ao local . Foto: Reprodução/ITv Globo

Para impedir uma operação da Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (27), bandidos da Vila Aliança, na Zona Oeste do Rio, sequestraram, pelo menos, três ônibus, três caminhões e uma van na comunidade. Os veículos foram posicionados de forma atravessada nas principais vias de acesso ao local para que, dessa forma, os PMs não entrem. As informações são da TV Globo.

Além dos veículos, os bandidos também usaram um "jacaré", que é uma barra de ferro cheia de vergalhões, para atrapalhar os policiais.

Testemunhas afirmaram que, nesta madrugada, ocorreu um intenso tiroteio na comunidade, o que fez com muitos ainda não conseguissem sair para trabalhar. Além disso, os bandidos agora implementaram um toque de recolher e estes fecham os acessos ao local todos os dias a partir de meia-noite. Os mesmos só abrem as passagens às 7h da manhã. 

Com a ajuda do Globocop, a emissora conseguiu flagrar um homem em cima de uma torre de transmissão elétrica no local. Ele monitorava, com a ajuda de um rádio-transmissor, quem entrava e saía na comunidade, incluindo, os próprios policiais. Além disso, ele estava com o rosto coberto, por isso, sua identificação não foi possível. 

Em nota, a Assessoria de Imprensa da Polícia Militar informou que agentes do 14ºBPM (Bangu) e unidades subordinadas ao 2º Comando de Policiamento de Área realizaram uma ação na comunidade, quando foram atacados a tiros por bandidos. Os policiais reagiram e o confronto teria sido iniciado.

Após o embate armado, dois homens foram presos com uma pistola, um rádio-comunicador e uma motocicleta. Além disso, um desses bandidos estava ferido e foi encaminhado para o Hospital Municipal Albert Schweitzer. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas